quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

amor, sentido figurado.

É quando você acha aquela figurinha, e não é repetida,
e nem rasgada, e muito mesmo a errada
e ela é a bem certa que estava faltando.
Você descobre isso, guarda e não deixa ninguém pegar,
depois pega ela e cola no seu albúm,
com uma cola, daquelas que não desgruda mais,
você coloca a tal figura na sua vida.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

sobre ser mal amada

Que mulher gosta desse adjetivo?
Nem a mais moderna e bem sucedida, aquela que veste a ultima coleção da YSL,
e a bolsa mais desejada com um sapato de dar inveja,
e a pior ou melhor parte, nada conseguido pelo pai ou marido,
mas tudo reflexo de uma vida profissional bem sucedida.
Pois então, nem essas gostam do tal adjetivo que traz arrepios aos ouvidos,
ou saem da nossa temida boca quando queremos desmerecer uma.
Mas, hoje, cheguei a uma conclusão,
Não sei se sou ou não mal amada, ou bem amada.
Alias assumir aqui, em público, ser "mal amada",
seria desmerecer todo amor que vem de amigos, familia
e dar mais assunto pra quem me chama assim, e concerteza não to afim de dar assunto para estes.
Mas, num é assumindo ou negando nada, é só pensando sobre,
acho que ser mal amada, é ter muita coisa pra buscar e uma delas ser o amor,
o tão desejado e dificil, amor.
Por isso, ser mal amada,
é sentir mais fácil, a falta de amor,
mas também a presença dele.
É valorizar um sorriso, alguns minutos e a lagrima.
Ser mal amada, talvez seja o sinonimo de saber amar,
de valorizar e de viver intensamente a vida ou a falta dela.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

dieta

"Eu não sou vinculada a estética."
Ahhh tá bom,
eu mesma, com essa cara limpa por um adstringente e com uma pasta anti oleosidade verde, querendo falar aqui sobre o meu não vinculo com a tal estética.
Sim, vou assumir aqui: tenho medo da palavra gordura, ainda mais se tiver o localizada junto; tenho medo quando meu cabelo começa a se rebelar demais contra sua dona, e se a minha unha quebra em vespéra de festa importante então, caos.
E ultimamente a palavra dieta, tem pulado aos meus olhos, ressoado aos meus ouvidos,
mas por fim eu acabo engolindo ela junto com as outras tranqueira que boto pra dentro de mim e se transformam nas tais indesejadas gorduras.
Mas, foram nesses dias, de estética,
Onde rolou de muito cara a cara com o espelho,
muito teste de maquiagem pra esconder uma marquinha aqui, outra imperfeição alí.
E por fim uma limpeza, onde acho que até ácido eu passei pra limpar de vez, e tudo.
No fim, encarei a tal dieta, e vou poder tomar suco de morango com leite condesado,
e comer chocolate quando quiser e como uma boa mulher precisar.
Porque a minha dieta, é diferente, é aquela que talvez não vá fazer desaparecer
nenhum centimetro da cintura, e nem diminuir o tal culote.
Mas essa tal dieta, limpará meu organismo,
e trará mais vida ao meu coração.
E talvez, meu corpo vai refletir isso ou não,
talvez estarei mais vezes aqui falando da tal estética e dos meus medos,
mas, no fundo eu sei que essa tal dieta, se for bem seguida.
Trará resultados maiores que perda,
alias trará ganhos, daqueles que não vou querer perder.

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

sumiço

bom, há dias o que eu escrevo tem dois lados,
ou não escrevo, não...
não fui para a europa, nem fui para uma praia deserta,
nem estou presa dentro do meu quarto sofrendo de depressão e falta de criatividade,
alias, a criatividade sempre me falta, então sei lidar com ela.
isso não seria a desculpa para esse blog estar jogado as traças,
ou melhor as meias palavras, ou melhor ao medo de dizer por inteiro tudo que estava se passando por aqui, nesse cotidiano.
uma frase aqui, umas 3 linhas alí,
mas, nada tão dela, a não ser os desabafos sobre as dores e os medos.
sim, isso sempre vai ser exposto aqui, para eu lembrar que nem tudo são flores
e eu não vivo um conto de fadas.
oque me fez parar, foi um pouco os projetos novos,
os projetos antigos, o amor escondido,
a vida mal resolvida, a paz mal vivida e mais um monte de coisa,
que deixa a gente, sem vida, respirando,
mas sem ar.
por isso, isso aqui ficou assim,
sem palavras, sem explicações verdadeiras.
mas, isso não foi ruim,
só não foi tão real.
mas... voltei ao cotidiano, e muita coisa boa,ruim, mais ou menos
vai aparecer por aqui.

sábado, 28 de novembro de 2009

sobre meus dias 28

pra quem acompanha isso aqui,
foi no dia 28 de agosto de 2008,
que ele voltou da suiça
e foi no dia 28 de novembro de 2009,
que nós saimos em paz, sem mais, stress,
assim nós.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

um dia depois de ontem...

onde nem tudo está no mesmo lugar,
mas talvez esteja no lugar que deveria estar.


namastê.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

23 de novembro de 2009

sim, todo o ano há o pior dia.
seja você o mais feliz, o mais pobre, o mais rico, o mais infeliz.
todo o ano tem AQUELE dia, em que você acorda com o pé esquerdo,
ou que você acorad e nem sabe que pé colocar no chão,
ou nem há tempo de vc colocar o pé no chão sua vida cai toda espalhada no chão do seu quarto,
e a única coisa que vvc faz é pisar por cima da sua dor e ir para chuveiro tentar pegar um pouco de ar que caí através das gotas d'agua.
aí vc, descobre precisa de mais vida e para no hospital, com soro no braço,
com uma mãe do lado e uma velhinha do lado da sua casa q nem mais folego para lutar tem.
e de repente tudo vem na sua mente, seu futuro, seu passado, seu outono que já dura 1 ano e tudo gira e a melhor coisa q vc faz é durmir, sumir e tentar morrer.
mas vc acorda, com grito de euforia, sobre uma nova vida que chega,
uma menina, que vai nascer, seu dia muda,
vc até tem folego para fazer um geléia de morando e ouvir sua musica favorita,
mas seu coração anda tão triste seu sorriso tão falso,
que se você fosse morrer, e você soubesse isso, não iria fazer diferença nenhuma.
Por isso, que eu queria, que esse dia acabasse logo.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

duvida

sai dia, entra dia
e a minha cabeça ainda tem muitas dúvidas,
sobre o futuro, sim.
sobre o presente também,
mas muito mais sobre meu passado,
e se eu não tivesse caído tanto quando eu era pequena,
se eu não tivesse estudado no mesmo colégio até o ensino médio,
se eu não tivesse escolhido viajar,
se eu não tivesse escolhido aquela faculdade,
aquela cidade, aquela pessoa, aquela familia,
se eu não tivesse escolhido perder tudo e viver minha vida,
se eu não gastasse mais de 12 horas trabalhando,
se eu não tivesse chorado,
se eu não tivesse ficado esquecida num quarto,
talvez...
não choraria hoje de felicidade por ver,
que valeu a pena cada momento de uma vida não tão fácil.

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

reflexo

eu sinto um frio, do tamanho sol,
e quando fecho meus olhos a luz que eu vejo é maior do que aqui eu sinto,
hoje,eu queria estar no ontem que vai ser amanhã,
e na manhã, quero sentir a mesma grandeza que eu sinto no pôr do sol.
e no fim, eu só quero ver tudo,
por um espelho convexo.
assim fica mais simples e mais fácil.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

?

Nós vivemos, sim,
isso eu não tenho dúvida.
mas que as vezes a gente esquece de viver e fica tentando entender,
ah... isso sim,
ultimamente a gente quer tudo pronto, fastfood,
vem uma pergunta, um dúvida e lá estamos,
olhando para o céu esperando a tal resposta cair.
e acabamos deixando essa espera pela tal resposta tomar conta do nosso tempo.
não andamos, não falamos, simplesmente estamos lá
esperando a tal resposta.
Ahhh e se demorar mais de 5 minutos, queremos brigar,
se demorar 1 hora, queremos ficar offline da vida,
e se acabar duranto mais de 1 dia, assim desistimos.
Não é?! Infelizmente é.
E além desse tempo pra entender ser curto,
nós passamos a vida criando as tais dúvidas,
e não vivendo.
E tudo acaba sendo assim, e se? como? onde? porque?
E nada é ponto final ou ponto de exclamação,
tudo vira uma dúvida embolada, e a gente vive a cada mais frustado.
Pelo menos uma coisa hoje eu posso afirmar:
Não temos, nem nunca teremos afirmações para tudo, só escolhas.

domingo, 25 de outubro de 2009

sobre meus dias,

sentir,
é quando deixamos de agir, falar e pensar
e o coração começa a bater mais rápido ou mais devagar,
quando nossas mãos suam ou fazem o mesmo movimento repetida vezes,
e nossos olhos, olham para um lugar mas começam ver outros,
a cabeça as vezes gira, e você nem saiu do lugar.
seus pés parecem flutuar, ou suas pernas parecem não ter força para te sustentar.
você pode ter um ataque de riso por horas,
ou ter um choro por anos, mesmo que ele não tenha lágrimas.
e mais outras coisa que você aindanão teve; mas irá sentir.
nessas horas, alguém vai estar do seu lado,ou não.
nessas horas você vai querer viver, ou não.
nessas horas você vai se controlar,ou não.
mas,sentir só passa quando a gente deixa, quando a gente libera.
quando a gente pega e desconecta a razão do coração,
sim deve ter um fiozinho pra isso, eu imagino,mas ainda não o encontrei.
se alguém me encontrar me avise.

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

meu ídolo

"quem acha a sua vida a perderá, e quem perde a sua vida por minha causa a achará"

jesus cristo - o cara.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

marco

Hoje, recebi um telefonema,
ontem foi um email,
há alguns dias alguns tentam me avisar,
chegaram até a gritar isso!
Mas, eu e minha forma de ouvir e aprender certas coisas.
Alguns falam que eu vivo num cubo blindado,onde as vezes quebro a chave,
e só saio de lá quando eu mesmo concerto ou quebro a tal da maçaneta.
Pois bem, por ser desse tal cubo, que acabo muitas vezes,
aprendendo muita coisa sozinha, ouvindo uns gritos daqui,
chorando dentro e alí, e assim vai.
Hoje, mais uma terça feira, primeira do horário de verão,
com um pôr do sol lindo e que fez a pele ficar num tom magenta,
Foi onde eu pude sentir mais humana, onde meu rosto refletia minhas falhas,
e foi depois desde telefonema, de uns dos meus maiores exemplos de integridade.
Eu consegui admitir pra mim mesmo, sim, para mim mesmo,
os meus erros, as minhas dores, as minhas perdas.
E não foi nada fácil!
Mas, eu também admiti a minah vontade de acertar,
de viver, de crescer, de acreditar, de amadurecer,
de ser feliz.
E a partir daqui, posso escolher, posso andar,
posso mudar, e se até agora eu vivi...
agora quero mudar.

domingo, 18 de outubro de 2009

ele

é macio, e confortável.
eu passaria minha vida lá,
nos braços dele.

sábado, 17 de outubro de 2009

fim

alguém me fale como ele será?

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

afilhado

hoje eu ouvi o coraçãozinho dele,
e já bateu no ritmo.
e a minha vida também está entrando no mesmo.

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

mente exata.

"Existem coisas melhores adiante do que qualquer outra que deixamos para trás."
C.S. Lewis

domingo, 4 de outubro de 2009

morte,

Eu ainda não sei lidar com as despedidas,
meus olhos ainda enchem de lágrimas e meu coração de dor, falta.
Eu também não sei lidar com a minha,
aquela que deveria ser diária, mas, as vezes num encaro, sobra.

sábado, 3 de outubro de 2009

...

tenho tanta coisa pra dizer,
que é melhor organizar tudo antes de falar.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

pra começar.

"Agora responda de verdade o que você ama,
E tudo pode ser seu

Se tudo caiu, que tudo caia, pois tudo raia,
E o mundo pode ser seu.
"

assumo

depois de uma noite de pesadelos, acordar com um email
simples, sincero e lindo.
mudou meu dia.

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

vácuo

"você nunca deu nada de bom pra gente" - 22 anos

"você é uma largada" - 21 anos

"você num vai longe." - 18 anos

"você é louca" - 17 anos

"você se veste mal, tem amigos estranhos, num faz nada!" -16 anos

"você é uma qualquer." 15 anos

"você num vai ser nada, só vive escrevendo nesse caderno" 12 anos

"ela é mais inteligente que você." 10 anos

"você num me ajuda só atrapalha" 8 anos


eu não queria você - quando ela descobriu que eu existia

terça-feira, 29 de setembro de 2009

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

incompleta.

não você ainda não acabou aquela coleção,
não você ainda não definiu os tais modelos,
não você ainda não ligou para ela,
não você ainda não mandou o email notificando,
não você ainda não desenhou o suficiente,
não você ainda não tem autonomia financeira,
não você ainda não concretizou o tal plano,
não você ainda não morou em paris,
não você ainda não foi pra uma praia deserta sozinha,
não você ainda não casou,
não você ainda não tem filhos,
não você ainda não fez o mestrado,
não você ainda não morou na praia,
não, ainda não.
você ainda não sonhou com o muito, ainda tudo é superfície.
e a cada dia que passa se torna mais palpavél.
não, você ainda será incompleta, e isso é quase eterno.

ensaio sobre freelas

- você tava com quem no telefone?
- com um novo fornecedor.
- você num conhece?
- não, é novo.
- meu deus, e você mandou um beijo no fim?!
- ahhhh... mandei?
- é mandou, num pode vc nem conhece.
- é habito, desculpa. mas... agora vc é minha acessora?!
- sou.



isso que dá, trabalhar em casa,
tem o lado bom dos sucos e mimos no meio de tudo,
mas ela sempre acha o erro,sempre.

domingo, 27 de setembro de 2009

anotações

perdoar, não significa confiar.
perdão é só o começo,
abre a possibilidade da confiança ser reconstruída.
ou não.
eu já vivi o não,
eu já vivi a possibilidade,
e já vivi a dor, de não poder ter nada disso, de escolherem por você.



de tudo oque levo na minha mala,
não deixar ninguem tirar ou colocar nada que eu não queira,
isso é o mais importante.



se perder, é saber onde estou e ter a chance de me encontrar.



as vezes a gente tem tudo na mão,mas esquece de lava-las.



do meu moleskine até aqui pra mim mesma.

sábado, 26 de setembro de 2009

wheels

quando você acha que tudo terminou,
tem outro round pra você.




grohl certamente me entende,e conhece.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

sempre

é o começo da eternidade,
e o que nos une com o passado.
pois, quando lembramos de algo que era pra sempre e já num se é mais.
ele volta a ser, pelo menos por alguns segundos.



pax pra sempre, dentro do meu coração,pelo menos.

e hoje?!
dançar até cair.pq nem todo o dia sua melhor amiga faz 22 anos com TEKILA.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

pós modernidade maternal.

- que você está vendo?
- descolados da mtv.
- ai, você ta ficando mais tonta.
- eu gosto.
- eu gosto do adnet.
- que é isso?
- o cara do 15 minutos!
- que é isso?
- o programa do marcelo adnet e do mano kiabo. Alias, vc tem que ver!
- quem é mano kiabo?
- nossa é O programa da MTV, vc fica nessas series idiotas, perde o melhor.
Ai, amanda vc tá muito desatualizada!
- é. ...
- e eu acho que deveria pintar seu cabelo denovo, descolorir sei lá.
- prefiro ficar desatualizada.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

temperatura

é sempre no fim do dia, que a nostalgia surge.
é sempre quando chove, que renovam as esperanças.
é sempre quando escurece, que se quer estar junto.
é quando amanhece,que pedimos para o escuro voltar.

leve

o nosso amor, a nossa paz, o nosso som.
mas,
se você levar, vai pesar.
então, deixe por aqui,
os fragmentos pesados da leveza de um amor.
pois o peso que você carrega, ainda está comigo, e por aqui.
assim será em fim.

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

café com leite

Pra quem não conhece a minha história,
a minha família é muito unida,e eu tenho 2 priminhos,
que cresceram como se fossem meus irmãos.
e esse fim de semana, eles já estão por aqui, pra minha alegria,
e pra eu ter assunto divvertido pra esse blog,então...
num dos devaneios infantis:

" - joão, vamos ver Spirit!
- vamos ver espírito!
- nãoooooooo... vamos ver Spirit!
- então vit! derrrrrrrr, Spirit é Espirito em português!
- nãoooooooooo é! to falando do filmminho
- derrrrrr...é sim, é espirito!
- num é não (já quase chorando) espirito é oque vfica dentro do meu coração!
- vit, você num sabe nada de linguas!
- e você num sabe nada de coração! hum! "


ainda bem que a vit já reconhece que homem num sabe nada sobre coração,rá!

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

a culpa,

eu num sei, se sou a única,
mas me sinto culpada o tempo todo, as vezes há um suspiro de alívio,
mas logo, a culpa aparece, e o supiro acaba, em segundos.
as vezes me sinto culpada em não estar em outra cidade,
em ter moradao tanto tempo longe dos meus pais,
em ter aceitado o tal emprego,
ou ter saido do outro,
me sinto culpada em não ter enfrentado tudo que eu deveria,
em não ter sido perfeita,
em esquecer de datas especiais,
de não dar uma vida melhor para os meus pais,
Além dessas culpas particulares, ainda me culpo,
pela fome no mundo,
pela miséria, pelo aquecimento global,
e por N coisas que as vezes,muitas vezes, ouço na tv,
mas... num faço nada, mas me sinto culpada.
Talvez, essa culpa, venha de uma cultura,
onde todos os erros,frustações e afins...
são todos de responsabilidades femininas, talvez,
isso seja só aqui na minha casa, na minha familia,
mas, até hoje vejo minha mãe se culpar por não ter feito isso,
minha avó por não ter feito aquilo,
minhas tias pelas escolhas erradas,e assim vai...
de tanto ouvir mne tornei uma.
mas hoje, me dei o direito, isso decretei.
a culpa num é só minha, direitos iguais!
pelo menos no meu universo.

sentimento.

é quando a mente sente, oque o coração diz.
e a minha mente é sinestesia pura.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

oque me irrita?

gente bunda mole.
e loira também, mas a minha melhor amiga é loira.

final feliz

Minha querida filha,queria que você soubesse que todas as histórias,
que contam por aí, sim aquelas onde toda a menina,é linda,
chamada de princesa e até a serviçal da casa tem seu sapatinho de cristal,
isso é uma tremenda mentira!
Aqueles vestidos nunca vão ficar bonitos se você num for magra, pra entrar neles,
o seu cabelo, tem que passar chapinha ou pelo menos uma escova pra acertar!
Não, você num vai conseguir sorrir o tempo todo,pois é,
e nem sempre ser simpática e bondosa.
Ahhh, você pode ir até em tais bailes mas,não,
e quase sempre num vai ser o tal principe encantado que vai te chamar pra dançar,
na maioria das vezes vai ser o tal nerd que sempre sentou do seu lado na escola.
Filha, raramente o principe vem atras de você.E ele nem está montado num cavalo branco,
alias eles podem até ter um carro legal, mas na maioria das vezes,
você num é a única princesa que ele vai pegar.
Ok... to pegando pesado.
Existem os bons,
existem sim, mas eles, ahhh eles!
Na maioria das vezes vão esquecer as datas,
então imagine se ele vai saber o numero do seu sapatinho...
Eles não vão te chamar sempre de princesa,
ahhh, vocês vão ter problemas, de comunicação,
ele não te entende as vezes, e você,quase sempre não vai entender!
Outra coisa,sua casa,não num existe castelos,
e nem fada madrinha, sim...
sinto-lhe informar você vai ter que lavar,passar e cozinhar.
ou batalahr muito para ser rica, ou seja, na labuta meu bem.
Sim filha, você vai se frustar,
Vai chorar as vezes, muitas....e algumas vai achar que vai morrer.
Vai bater a porta, vai ter dor no coração de saudade.
Vai se arrepender, vai se vestir mal e as vezes num vai querer levantar da cama.
Você nunca vai ser perfeita, e nem vai sorrir o tempo todo,
sinto em dizer isso,
mas só sabendo disso, você vai conseguir ter um final feliz.

SER OU NÃO SER?

__________
já era!

e tudo agora é fast food,
se define em 144 caracteres.



e felizmente oque dura dentro de mim,
passam de anos já, e cresce ainda.

domingo, 13 de setembro de 2009

joão

minha alegria de segunda feira,
tem nome, idade e estilo.


e no fim do dia vou ter muitas histórias,
que vão fazer parte da minha.

contradição

e agora josé?!

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

quem?

quem disse que desenhar te torna um artista?!
quem disse que vc é artista?!




é a velha história,de 22 anos.

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

se fosse fácil,

num teria a mínima graça,
mas conseguir mais que tudo no fim do segundo tempo,
você acaba o dia com um sorriso no rosto e um abraço bom.

um meio abraço,mas bom.
que amanhã seja um desses,bom dia.
que trazem o bem,fazem o bem.

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

ta doleur

Doucement sans faire de bruit
Comme on réveille la pluie
Je vais prendre ta douleur.



sem mais.
ou melhor,
pas plus.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

devaneios

porque as vezes a gente ta olhando para a porta,
e o passarinho chega pela janela.

e é assim, as vezes a gente só está olhando para o lugar errado.
mas estamos no lugar certo.


abra a porta e deixe a janela,
e os ouvidos abertos, sempre.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

sincera idade

Os velhos, eles são mais vivos.
Ontem eu descobri isso,
Num almoço de familia, onde todos tinham seus questionamentos,
seus sentimentos, e suas afirmações.
Sobre uma novidade na familia,que eu apresentei.
Foi ele, um senhor querido e forte,
foi até minha mesa, e disse lá mesmo tudo que queria.
Oque achava e oque preferia.
Talvez se fosse outra pessoa eu iria gritar e contar tudo que eu passei,
As vezes até choraria, assumo 3 horas mais tarde eu chorei por ter errado.
Por ter perdido meu tempo, minha vida.Mas nos minutos seguintes,
lembrei que ganhei uma parte boa de quem eu sou,passando por isso.
Mas foi ele, quem sempre me dá a benção para a minah semana,
e ontem, assumo, eu num pedi.
Ele, com toda a sua sinceridade,
me ensinou a falar oque eu penso, mas pensar apara falar também.
E me ajudou a descobrir mais uma vez,
que a minha opção, a minha escolha,
sem pensar em ninguém e sem pedir opinião para ninguém,
foi a mais sensata.
Ontem ele foi sincero comigo,
e me mostrou que estou sendo sincera comigo mesma.
Eu estou no lugar certo,não tenho dúvidas disso.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

meu gosto

gosto de palvras curtas. o não me atrai.
o sim é fácil e clichê demais.
gosto de sons, diferentes, e de sorrisos.
gosto de ouvir pessoas, mas gosto de falar,
mas queria voltar a época em que não pensava em nada,
e podia dizer oque sentia, sem medo.
alias, num gosto de medo, e nem de simpátia clichê.
gosto de verde, de sapatos diferentes,
livros, de outros mundos.
não gosto de numeros, gosto de pessoas e de tinta,
gosto de papel e caneta,
com um pouco de sabor.
gosto de cortina e de portas,
e sempre fecho e abro algumas.
sem nenhum problema, eu esqueço.
só não me esqueço de comer, e do seu tempo.
do seu tempo comigo, amigo.
meu gosto não vai estar estampado na proxima lista de presente,
mas vai estar explicíto no meu próximo sorriso.

sobre viver

me sinto larva,comendo algumas coisas aqui e alí.
sobrevivendo de aprender, ouvir e digerir.
andando por tudo quanto é canto, feia.
sozinha, e sem ninguém para me admirar.
me sinto no casulo, quando fecho a porta,
os olhos e as vezes o coração,
quanto num escuto mais nada, quando vivo nesse meu único mundo,
de uma pessoa só.
me sinto livre, com asas,
quando posso sonhar, e ainda pousar.
quando me vejo com cores, e sinto aromas.
me sinto assim,
livre, só, presa.
por deixar eu mesma, me sentir,
é eu deixar quem eu sou, viver.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

vanguarda

não é simplesmente achar as respostas,
mas sim, buscar novas perguntas.

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

regras sobre a boa convivência.

se eu te dizer algo,
não passe para outras pessoas.
saiba viver,
não tenha só um assunto a mesa,
fale bem dos outros.
durma bem,
tenha cultura e história,
não precisa comprar, isso não se vende.
tome água,
não abuse da minha inocência,
na verdade ela é bem pouca.
respire direito,
eu não preciso saber das suas regras,
e muito menos vou segui-las.
use protetor solar,
eu não estou disputando nada,
num vivo a vida como um jogo.
ande um pouco,
eu gosto de filmes infantis sim,
ouço hardcore, gosto de skate,
e sou feminina, talvez você num veja.
faça exercícios,
eu,nu faço nada na minha vida pensando em que você vai pensar.
por favor, saiba falar com quem você ame.
e não faça com que o medo de estar sozinho te faça viver com qualquer um.
sim,me preocupo mais com ele.
mas...talvez é você que esta se submetendo ao erro,
talvez, ele se torne um acerto, mas por favor, por você
e talvez por mim e por eles, um pouco sequer,
viva mais leve.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

roupa repitida

se você é mulher, bem sabe,
pode ter mais que um guarda roupa cheio.
e mais algumas caixas, que sempre, sempre. num vai ter nada!
descontentamento? não... claro que não!
só uma moda que passa tão rápido que não conseguimos nem usar a nossa ultima peça adquirida, que...
Ela já está fora,mas bem fora de época.
Por isso a gente sempre acaba no jeans,camiseta e allstar.
Eu amo essa combinação,mas...
Cansei.
Então eu,esse meu descontentamento e minha fase mulherzinha,
descobrimos uma teoria, numa dessas conversas com amiga de infancia,
sobre roupa e estilo, e vontade de ver o namorado.

Num é que eu num vou ser eu mesma.
Quero ser eu mesma,mas num outro estilo.


To repitindo roupa demais, eu acho.
Porque o estilo de vida, to tentando com todas aas minhas forças MUDAR.

ão.

Não. Num faço questão de nada.
Nem de sorrir para eles, nem dizer um alo, ás vezes.
Não,num quero ir lá.
Dar abraço em todo mundo, ouvir que sentem minha falta ou é muito bom me ter de volta! (com um sorriso falso estampado)
Não, num quero falsos amigos e nem alimentar isso em mim.
Não por eles, são umas graças, tem seus erros e acertos, por isso são até legais.
Mas.. O meu problema, é viver dentro de um ciclo onde,
Oque tem mais grana, ou oque vai poder te dar algo em troca,
Vai ser próximo irmão da estação.
É triste, e parece que viver assim é normal!
Eu, tenho minhas escolhas erradas, quase todas.
Mas num preciso sorrir e nem falar um alô,
Nem ter que ouvir oque você tem pra dizer sobre mim.
Eu sempre vou ser a errada!Graças a Deus!
Não, não quero o número do seu terapeuta,
Muito menos de um abraço seu, que vai desmanchar no próximo erro.
Não. Num quero mais dizer irmão,nem amiga,
Nem saber como vão os projetos, porque eu sempre tive os meus.
Mas no fundo você nunca ouviu!
Talvez, oque mais me deixa frustada é,
saber que vocês ainda insistem em fazer o seu tal papel,
Mas fazem mal feito.
Quando gente tenta ser simpático,prestativo,cuidadoso,quando não é, piora.
E ainda bem, que num é só eu que vejo.


amigos,tenham poucos e bons.

::isso não é um post para meu irmão mais velho/amigo::
[ pq eu sei que ele lê aqui,num é para vc.não mesmo ;) ]

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

heróis e vilões

cada um tem uma parte dentro de sí.
tem alguns que deixam aflorar só o herói,ou pelo menos mostram isso.
mas isso num dura para a vida toda,
e normalmente quando a gente tenta ser tão herói,
acaba sendo pior que um mortal.
de tanto negar a humanidade.

sequestro

meu pato de estimação.
foi sequestrado,

e eu tava prometendo uma vida de banhos na lagoa para ele.

sábado, 22 de agosto de 2009

aprendendo

que é quando a gente mais não gosta.
é que realmente a gente prova o amor.
e sabe a tal da graça?
aquela que transforma coisas feias em belas?
pois bem, as vezes eu tenho que relembrar dela.
para não esquecer de renovar as coisas por aqui.

tudo que é eterno se renova?
let go.
virando a página.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

prioridade,

s. f.
1. Anterioridade.
2. Preferência conferida a alguém, relativamente ao tempo de realização do seu direito, com preterição do de outros.

você tem a preferência.
por isso, há o tempo para a realização desses objetivos para o seu futuro ser nosso.


isso, toda a mulher deveria ouvir um dia.
toda!

sentido:

as coisas não tem paz.
mas, você sim ou não.


fica a dia ;)

terça-feira, 18 de agosto de 2009

recomeçar.

É quando tudo está no fim.
que tudo começa!
na verdade é quando esse fim,que, por sua maioria,
é dolorido, é ruim e as vezes frustantes!
No meu caso os frustantes finais tem me acompanhado a mais ou menos 365 dias,
mas, só o fato que de todos esses finais existem começos.
e são deles que eu consigo dar outro tom para a minha vida.
Então... a cada final, o folêgo volta para o meu peito,
e a vontade de fazer o certo e escolher por ele pulsa nas minhas veias.
Podemos dizer que recomeçar, te faz um pouco eterna.
Porque nada tem um final, e ainda tem livro sendo escrito,
muita musica faltando a melodia,
e muita gente precisando de um sorriso para começar a viver.
Recomeçe, e não tenha medo disso. Nunca!

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

só posso adiantar,

que estando no lugar em que devemos estar,
e respeitando o folêgo da sua vida.
e sendo íntegra com você mesmo,
é que realmente você vai começar a ter frutos.
talvez, demore,mas saiba...
vão ser frutos, e não pragas!
dessas que aparecem quando a gente espera nossa melhor colheita.
então, que cada um cuide da sua árvore.
e lembre que há tempo para tudo embaixo desse imenso céu.
que do fim da minha rua onde passei toda a minha infancia,
me mostra a grandeza que me aguarda!

sabedoria de cidade pequena.

"Contei a minha vida pro carroceiro, até a mula chorou"

e hoje,
a minha cabeça ainda está doendo, isso já fazem 3 dias
o corpo mole,
a febre constante
e há queda de pressão e até uma tontura.
mudança brusca de temperatura corporal,
eu tava tentando fingir que tava tudo bem.
mas...tá hard.

domingo, 16 de agosto de 2009

minha grande descoberta.

porque eles num saem daquela cidade?
porque lá é muito confortavél e estável.
e eles num tem problemas ou dificuldades, que façam eles sairem de lá.
Por isso,ficam por alí.

Pra mim, uma sonhadora e amante de desafios,
seria muito dificil viver numa terra dos sonhos,
onde os problemas acabam alí na esquina junto com verdade de ser quem você é.




((hoje eu entendi porque eu saí daquele lugar))

sobre irmão caçula

temos 6 anos de diferença,
e assim diferentes em tudo e parecido em muito mais.
coisas de irmãos.
acordei, no primeiro domingo familiar,sabendo da densa rotina que sempre acompanhei mesmo estando fora da familia.
ele estava durmindo ainda, minha mãe, me acordou com o remédio para enxaqueca,
que antes era mensal, agora insiste em ser semanal, e me trava.
ela, já devia estar acordada há horas, com aquela empolgação anormal.
que só de olhar, e ouvir o roteiro do dia me cansa!
mas, ao mesmo tempo me traz uma pax, por estar com ela, e aqui devolta!
ela, já contou da grande noite do meu caçula,
ele acordou umas horas depois, eu ouvindo nirvana e falando sobre eles com minha mãe.
o caçula, no começo da manhã, com a sua cara amassada e sua cueca entra no quarto e diz:
"gente é cedo ainda, menos!"
as mulheres da casa começam a rir,
ele senta no computador e eu vou limpar minha pele no espelho do lado
e lá se vai o dialogo do dia:
-a mami falou que teve que levar suas amigas para casa, elas estavam bebadas!
-hahaha, se viu e eu nem tava.
-a mãe falou. vc acha isso legal?
-mulher é sempre fraquinha.
-num to falando isso,ignorante! num é legal beber desse nível.
-olha, olha aqui. essa ia ser a vítima. (e abre uma page do orkut)
-vinicio.vc acha bonito isso?
-lindona. aqui na foto num tá tanto!
-cala bocaaaaaaaaaaaa,vc acha legal chamar as meninas de vítimas?
-sendo outras e não minha irmã.
-nooooo... que raiva meu,vc é muito errado.
-e vc certa demais.
e me deu um beijo esmagador.
e levou um soco.
e a briga no chão se instalou.
e a sonia, só falou:
home sweet home!
e deixou e riu, depois de uns 5 minutos fez a gte se largar!
e eu tinha esquecido como brigar/brincar de lutinha com irmão era bom.
e que ele cresceu e eu nem ví.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

sogro,

eu, num vou mentir,
fiquei com um medo de conhecer,
quando ele me viu, me deu um super abraço,
era o jogo do Brasil, e eu dei uma baita sorte,
naquele dia não perdemos para o Tio Sam,
e eu fui a brasileira que mais ganhei naquele dia.
Claro, fui apertada por ele, gritou meu nome,
me levou para a cozinha fez uma pergunta e outra,
brincou... e olhou direto nos meus olhos, e sorriu!
Hoje,na verdade ontem,
Foi ele, e não o filho que me levou para rodoviária,
A gente já tinha conversado de manhã, falado sobre nossas conversas de sempre,
Ele já tinha brincado, e disse mais de uma vez que eu podia ficar lá por mais de uma semana.
Carregou minhas malas, que dessa vez carregavam não só uma parte das roupas,
Mas também uma parte de uma vida, voltando para o ninho depois de um verão longo fora,
ele notou meu medo e minha alegria, me usou uma das suas figuras de linguagem para me ensinar algo importantíssimo sobre essa nova fase:
"as vezes, nós usamos metralhadoras em relação a nossa vida. atiramos em todas as hipoteses,escolhemos tudo para ter mais, e não pensamos em qualidade!mas... eu acho que a sua fase atual é de usar um fuzil, ficar calma, mirar no alvo certo, pensar antes de atirar e fazer, oque e certo. Aquieta seu coração."
depois falou sobre meu momento com o filho dele, abençoou,
e me deu um longo abraço, segurou no meu rosto e desejou alegria e vida!

eu num sei explicar certas coisas, mas eu sinto.
sim eu sinto a tal da mágica.

terça-feira, 11 de agosto de 2009

num é por nada,

mas, as vezes eu paro para pensar.
eu queria não pensar nisso, as vezes num penso

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

caixa

Pegue seus problemas,
suas frustações, seus planos falhos.
e chore um pouco,fique nervoso, e jogue tudo para fora.
mas, nunca,jamais se esqueça de quem você é.
pois, quando você sabe quem você realmente é,
e que a sua vida não foi e não vai ser tão fácil e tão fantasy,
você até pensa em parar de escrever um post para seu blog,
onde você se vai mostrar um pouco fraca e triste,
mas pelo menos num vai se esconder em frases otimistas,
que no fim, no fim escondem um todo que logo mais se tornará insuportável.
nunca, nunca deixe de falar oque você pensa e senti,
pois no fim, quando tudo der certo, você num vai ter nada escondido na caixinha,
e sim é ela que nós damos o nome de coração.

domingo, 9 de agosto de 2009

sobre despedidas e carinhos

alguns vídeos, algumas palavras,
alguns bares e a nossa de sempre.
algumas lagrimas, e umas fotos,
uns encontros, e desencontros,
um ultimo trabalho, um almoço com amiga,
um abraço forte e um choro de alivio,
um ultimo desejo, um ultimo passeio,
o ultimo por do sol, a ultima lua.
um presente, uma carta,
uns amigos, nossas conversas,
nossa sintonia unica.
um novo som, um novo tom
para minha vida, que continua lá mas vive lá.
em parte de alguns.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

sonhos

se todos fossem tão facéis de realizar,
como comprar um na padaria.

acho que os meus sempre foram esses, de padaria,
grandes, suculentos e apetitosos,
mas precisa sempre de um trocado no bolso para conseguir se deliciar.

terça-feira, 4 de agosto de 2009

as vezes,

oque eu preciso ouvir vem assim:

Leleu |||3||| diz:
*quando tudo parece dar errado
*as coisas começam se acertar


está tudo parecendo que vai dar errado,agora...
ta na hora de começar acertar não?!
((rumores de tempo bom))

sábado, 1 de agosto de 2009

inspiração.

é quando você respira algo bonito.

assim:
entra pelo nariz,
abastece seu corpo todo e faz você viver.

sexta-feira, 31 de julho de 2009

instruções de uso.

cansei!de ensinar como tem que ser,
eu num tenho um manual.
que coisa mais chata seria se eu tivesse,
imagina se fosse assim:
ela gosta de verde desde sapato até comida dessa cor,
ou ela gosta de musica em sol do que em lá, alias ela prefere o por do sol,
mas tdo o seu aniversário gosta de ver o sol nascer,
ela sempre vai escolher o gosto mais cítrico,
ela prefere o amargo e gosta de fazer careta para comer!
ela chora de saudades da mãe todo o fim de tarde e sempre lembra da avó que perdeu!
ela é independente, mas adora um carinho e que liguem para ela.
ou que simplesmente mandem um email com uma frase simples, isso
ela gosta!
ela num gosta de coisas iguais e nem segue a moda,
alias ela faz ela, e ela vai olhar para o mais estranho e esquisito sempre.
num gosta de romance,mas adora viver em um.
até gosta de viajar, mas odeia despedidas,
ela gosta de usar oculos sim, só num usa pq tropeça demais,
então pegue na mão dela para atravessar a rua,
ela num gosta tamto de chocolate, prefere limão.
mas num dispensa um ovomaltine em qualquer doce.
ela adora cozinhar, mas ela vai preferir quye você cozinhe para ela,
e cante aquela musica, sim aquela... ela vai sorrir.
ela gosta de abraço, mas não que tdo mundo segure ele.
ela adora criança, mas tem medo de ser mãe,
ela quer casar, sim, ela ainda tem esse sonho clichê,
mesmo ela sabendo que tais promessas são como bolhas de sabão,
podem estourar ali na frente, mas podem ser tão leves que vão para o mundo.
ela escreve, até que bem, e sempre vai escrever de você,
e deles, sempre é a vida dela.
mas ela queria que você descobrisse isso. por isso raramente ela vai falar.

pelo menos

tenho dois sacos de pipocas e uma tv para me alegrar hoje,
hoje, amanhã e depois.



dias assim, são dias em que eu agradeço o amanhã.
pois o amanhã renova num é?!
tudo bem que meu amanhã está demorando para chegar,
parece que todos dias são segunda feiras cinzentas.
mas logo passa.logo.

"And I won't resist and if I die well, at least I tried"
fica a dica ;)

quarta-feira, 29 de julho de 2009

sobre maternidade

A gente sempre teve problemas,
mas me diga que mãe e filha nunca brigaram?
Seja por horário, seja por amigos, seja por querer saber demais e sempre fuçar na bolsa,
seja por ser mal educada, por falar demais, ou por ficar muito quieta,
ou por não querer abrir o portão, ou passar na vó quando está cansada,
ou por não querer ser jornalista e sim estilista.
e não fazer dieta com ela, e ter prequiça de correr 4 km tdos os dias,
por não acompanhar o pique, dela...
e ter que ser simpática e sorrir para todo mundo.
Foi assim os 22 anos vividos ao lado de uma mulher cheia de garra e com uma força surreal, que aos seus 40 e tantos está do outro lado do mundo, servindo uma nação.
As vezes por ela ser tão grande e heroína, me sinto tão pequeninha,
e ainda mais com os bigs problems q me assombram, me sinto pequena e um lixo.
Pq nada está no meu controle, mas mesmo longe, ela sabe, sim ela sabe como me fazer bem,e me ensina, mais uma vez:


man] tres | 3 | tres diz:
*mas...
*eu quero dar certo
Sonia diz:
*vc ja deu certo
*eu amo muito vc e isso nunca vai muda vc tem todo tempo do mundo para trabalhar ne
*agora vc vai fica comigo um tempo
[man] tres | 3 | tres diz:
*tá
*eu vou

terça-feira, 28 de julho de 2009

ziquizira.

quando a sua vida tá uma merda,
ela pode piorar.


beijonummeliganumtenhocel!

sexta-feira, 24 de julho de 2009

F.B.I

assumo,
sempre me chamou muita atenção.
e já cheguei a pensar em ser da policia federal.
só achei que isso iá se tornar real.
tensãopontocom

universo

um lugar imenso onde tudo é interligado.
mas,o egoismo é maior,bem maior.
que num deixa a gente ver a criança com frio deitada ali na chuva.

quarta-feira, 22 de julho de 2009

biscoito chinês

"quem tem personalidade, tem. quem num tem copia.Alias, a cópia é uma forma de admiração!"




fica a dica!

telefonema

ontem,21 de julho, aproximadamente 20:45, a musica da nelly furtado anunciava...

-e ai amor?
-to bem.(a febre tava por volta dos 40 graus)
-vc num tá bem!
-como vc sabe? vc ta falando comigo pelo celular.
-amanda, a sua voz, vc num tá bem, para! como foi no médico?
*eu expliquei, de forma mais simples e para acalmar, num queria deixar ninguém em pânico. mas doque eu mesma já estava.
- amanda, tem q se cuidar, vem para cá!são só 5 horinhas de onibus, vem a gente vai cuidar de você.
- amor, já vou melhorar.
- amanda, para!Você é uma menina,precisa de cuidado.
*naquela hora eu ví o verdadeiro amor,ali no cuidado.
- amor,vou orar.
- agora?
- é agora...

E ele orou,sem quere fez a declaração mais linda e singela ao mesmo tempo.
Ele tem sido o detalhe mais perfeito para mim.
E a cada dia que passa cresce.


só de vc existir,isso me faz bem.

e hoje, a febre baixou.

terça-feira, 21 de julho de 2009

sem mais

pode ser ínicio de asma,
ou pneumonia. (1)

a gente num tem previsão,
para seu pagamento (2)


sua mãe,
ela tá do outro lado do mundo, pra a falar a verdade no Nepal (3)


seu pai,
num te liga hoje fazem exatamente 30 dias (4)

você mora sozinha,
sozinha mesmo sem ninguém (5)



pra que reclamar neh, vc ainda respira mesmo que mal e ofegante!

segunda-feira, 20 de julho de 2009

sobre falta e distancia.

SELMA diz:
*oi Amnda
*td bem?
*sua mae até chorou hj ouvindo uma musica q vc gosta
[man] tres | 3 | tres diz:
*aiiiiiiiiiiiiiiiiii
*qual?
*ta tdo bem! fora as saudades
SELMA diz:
*John mayer



alguém traz ela de volta pelo amor!

dia do amigo

eu num gosto muito de datas, mesmo porque a maioria delas num tem nexo nenhum.
quem disse que foi dia 25 de dezembro que Jesus nasceu?
quem disse que foi naquele fim de semana que ele ressuscitou?
e porque o dia dos namorados no brasil e diferente da gringa?
então isso já comprova que datas comemorativas, fora as históricas...
num servem para lhufas nenhuma.
mas... hoje é dia do amigo,
vão mandar sms, vão te ligar,
vão deixar recado no orkut, te chamar no msn,
só para dizer: FELIZ DIA DO AMIGO,amigo!
até eu vou fazer isso.
Mas,melhor que um simples feliz dia do amigo,
é você pensar...
sobre eles, que você descobre quando você mais precisa,
não... num vai ser nas festas, no bar e nas alegrias.
vai ser quando chegar um sms dizendo que quer te ver,
talvez você até vai sentar num boteco e discutir idéias,
alias...tenho bons amigos assim.
mas tem aqueles que vão te ligar para ir te ver na sua casa,
para num fazer nada, ou para comer seu chocolate que talvez estragaria lá no potinho.
que vão fazer chá quando você tiver com a gripe mais zuada da sua vida.
vão te levar para ver o pé de limão que nasceu de uma sementinha,
e te mostrar como coisas simples na vida são bem maiores do que parecem,
alguns vão te dar soco, abraçar, zuar você.
mas todos os dias, mesmo longe perguntam como você está
e até empresta a vó mais fofa do mundo.
outros vão jurar que conseguiram arrumar um namorado para você,
vão sempre te encher o saco, mas mesmo assim, você sabe...
que certas implicações é que fazem de vocês, amigos.
vão ter aquelas que você queria que morasse com você pra sempre,
que você queria pular nela antes de durmir sempre
e sempre vocês vãos discutir a relação,sempre.
vai ter aquelas que é desde pequena, das spices girls,
das provas e trabalhos, das brigas e da vida, mas nunca muda.
há outras que são anuais os encotros,mas os emails são diarios
e o entendimento então... como se nunca tivessem morando longe.
alguns, que vão sempre ter os melhores assuntos sobre cinema,
sobre cerveja, e musica e as melhores filosofias e piadas!
e vai ter aquele, é aquele...
que te mandava sms todo o dia, perguntando como você estava,
ou fazendo aquela piadinha, aquele que seu amigo te apresentou,
pois é aquele que hoje, sabe oque você precisava sem você falar,
te conhece pelo olhar, aquele que, a melhor tradução de tudo seria em inglês:
friend - bestfriend - boyfriend
ou seja... há tdos, qual tipo for,
feliz hoje, feliz amanhã
e amor,harmonia e pax!
só por me aguentarem.vocês merecem o mundo.

sexta-feira, 17 de julho de 2009

sentir.

mesmo ele num estando comigo.
ele está aqui.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

ensaio sobre o amor

já que tenho pensado muito sobre o amor,
e tenho escrito quase sempre sobre ele,vamos seguir a linha:

esse negócio de escolha me irrita.
se eu pudesse,seguiria uma cartilha, aquela do exato.
tudo que você fosse fazer tinha algo exato se você seguisse as instruções.
e mesmo se desse errado, eles já teriam te avisado e você estaria pronta para a consequencia.
me diz, existiria coisa melhor?
pois é, existe!
a liberdade de escolha, uma das maiores provas de amor que já pude sentir.
quando alguém deixa você seguir o rumo e tomar aquelas tais decisões,
sem impor nada.isso é surreal,
as vezes, como já disse...esse negócio de escolha me irrita,
porque tudo que eu sofrer ou ganhar vai ser responsabilidade única e exclusiva minha.
eu queria só fazer escolhas boas, e queria que todo mundo que eu amo fizesse.
mas, amar num é ter o melhor e sim deixar escolher.
e ultimamente a única coisa que posso dizer e quero viver é:

a cada manhã nasce o novo,
e a cada por-do-sol eu posso ver a grandeza que há no dia que eu vivi,
e assim fazer com que no amanhã as escolhas erradas num se repitam.


((amor é o nascer e o por do sol,
e saber que é esse mesmo sol aqui e lá há 450 km,
conexão divina, em todos os sentidos))

quarta-feira, 15 de julho de 2009

faxina mental

você ergue tudo, pega as coisas velhas e joga fora.
passa a vassoura e o pano com água sanitária.
pra desinfetar tudo e nada de velho e sujo ficar dentro de você.
ou varre tudo para em baixo do tapete e sorri.


escolhe, você é livre.

terça-feira, 14 de julho de 2009

não sobre aquele tal amor.

e se tudo mundo soubesse em que você tem pensado,
seria fácil, assim eles saberiam como te agradar.
mas... se eles soubessem mesmo tudo que você tem pensado,
talvez, eles num iriam querer te agradar.

se algum desses ainda sim te agradar,conhecendo seu coração falho,
e suas escolhas erradas,isso chamaria de amor.



amar é racional,mas quando o nosso coração bate no mesmo ritmo.
tudo muda.

segunda-feira, 13 de julho de 2009

eternidade

porque o presente é a eternidade que começou agora,
e por isso vão tentar roubar de você.





só relembrando: a graça transforma coisas feias em lindas, e o fim da nossa história
é reflexo das nossas escolhas atuais, por isso os rumores AUMENTAM.

sem tempo

ô. semaninha trash.

sexta-feira, 3 de julho de 2009

saudade

quando você tem um crise de choro interminável,
e seu coração fica doendo por horas.
você começa a entender que saudades é muito mais que uma palavra,
hoje mais do que qualquer outra época da minha vida,
eu sei a exata tradução da saudade.
e digo mais, acho que as vezes num dá para traduzir.




pelo menos parte dela espero matar esse fim de semana.
.mochileiralifestyleagain.
FUI

quarta-feira, 1 de julho de 2009

nossonó

ele procurava uma designer
e eu...
num procurava nada, talvez uma maneira de ganhar grana sendo uma.
ele mal quis saber meu nome,
depois me mandava sms todos os dias, e quando num mandou...
eu senti falta.
ele num falava nada e dizia tudo, eu dizia tdo sem falar nada.
tinhamos até entre vidas para segurar as pontas, mas ele num foi cupido.
e por isso houve a confissão, num é?
e a confissão foi rápida e pela internet, nada contra ela, mas podia ser ao vivo.
mas num tinha como, a conexão já era tão grande, que talvez num conseguiriamos.
a gente se viu, é a gente sentiu antes de se ver.
talvez isso fez com que tudo tivesse mágica, daquelas divinas e não esperadas.
e a gente se abraçou e sorriu.
e os dias passaram,
e a minha maior parte também viu,
e abençou,e desde então começou...
oque já era previsto, esperado,
e foi tão bem vindo, hoje faz parte
de um todo que a cada dia que passa cresce,
e de tão real parece sonho,
e de tão belo e sincero,
traz vida.
De tanto pedir um cara como ele, ele apareceu.
perfeito até nas imperfeições.

segunda-feira, 29 de junho de 2009

domingo em familia

sabedoria de rodoviaria

mais uma dos dias de viagens:

uma senhorinha, daquelas bem camponesas com lencinho na cabeça,
na sala de espera da rodoviária de marília... onde eu teria que passar 1 hora,
da minha bela e interminável sexta:
-menina você tá indo para onde?
- bauru.
- e vai levar esse mochilão?
- é que vou para são paulo... amanhã.(deu - se a vida)
- filhaaaaaa... você vai para são paulo sozinha?!
- vou.
- fazer oque minha filha, eu moro lá tão perigoso, tem muito homem lá.
sabe, homem que é homem,que num presta e homem que quer ser mulher, até se veste.
- aqui também tem.
- mas filhaaaaaa, eu moro lá há 50 anos, tanto assalto, roubo,
vc sabe, lá tem trem q corre debaixo da terra, eu ando naquele negocio, chama metro.
Mas fico com um medo menina, se me matar e me jogar nos trilho ninguém vê.
- aé... a violência tá grande!
- meninaaaaaaa, então. fica aqui, tão calmo...dá pra conversar. Eu gosto de conversar ajudar as pessoas, lá em são paulo menina num dá, outro dia fiz cocada,
mas tem fazer cocacda e saira vender neh? para ganhar unstrocos, agora que o collor num é mais presedente essa aposentadoria baixou minha filha, to fazendo cocada.
Pra ganhar uns trocados, olha... mas tem q sair para vender de branco tipo medico, para as pessoas terem confiança.Então mas fiz a cocada o menino do disgrama do moleque de rua, pediu uma pra mim eu num dei, se num sabe oque disgramado fez...
- robou?
- não filha eu já tava saindo de perto, ele tava todo sujo e para fazer cocada tem q estar limpinho,
- sei... (querendo saber oque disgramado do moleque fez)
- ele, o moleque me aparece com 1 real para comprar cocada, ai minha filha acabou minhas vendas, ele botou a mão suja no meu guardanapo.
e se sabe para fazer cocada tem q tá limpinho.
-pois é.
- menina mais eu adoro o interior dá pra conversar e ajudar as pessoas.
- na capital também dá!
- menina você num sabe que tá falando, lá num dá é muito sujo.


e o filho dela apareceu. e ela foi embora.
meio triste por não ter conseguido fazer eu desistir de viajar para a cidade que ela
vive há 50 anos.
e essa história ecoou pela minha cabeça...na verdade a tal da limpeza.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

sorria, você esta sendo filmado.

E foi ontem quando eu lí isso na porta da fármacia...
que eu chorei.
Mas num foi lágrima, foi daqueles choros de sentar na calçada.
Daqueles que você num tem força para levantar.
E por muitos minutos eu fiquei a pensar,
Será pela perda, será pela saudade,
será pela falta, será pelos erros,
será pelo desespero, será pela vontade.
acho que era um mixto de tudo isso,
e que ainda...
não saiu daqui do meu coração.
talvez, eu preciso de mais cameras e esses avisos no caminho,
para lembrar que nem sempre eu preciso sorrir

quarta-feira, 24 de junho de 2009

seria como?

Hoje eu acordei pensando em como seria minha vida se eu num tivesse feito nada de errado. Se todas as minhas escolhas fossem as certas.
Não, não acordei querendo ser uma "madre tereza", não.
Só queria ter no momento certo ter escolhido de forma censata,é claro que iam haver certos erros, mas...
Pouparia muito desgate,
E as minhas paranóias e meus medos, seriam menores?
E a forma com que eu lido com as pessoas mudaria?
A confiança que quase sempre é uma morte, será que seria assim?
Será que algumas pessoas ainda iam estar na minha vida?
Onde será que eu estaria morando?
Aonde eu estaria nesse exato minuto, se todos os meus erros tivessem sido acertos.
Não a vida toda, mas aqueles que envolveram as pessoas mais importantes da minha vida!
Se eu não tivesse errado nada, não seria EU!
Não saberia quem realmente me ama, e paga o preço.
Não saberia que amigos existem, e estão com você.
Se eu num tivesse errado nada, não teria a vontade de acertar que eu tenho agora.

domingo, 21 de junho de 2009

ultima parte.

como vai ser daqui para frente?
essa foi a ultima parte, que talvez seja o começo,
mas pelo menos a ultima parte desses dois dias eternos.

segunda parte

cresci com ela.
ela que fazia boneca de pano para mim, eu sempre queria o bebezão da estrela.
mas ela me dava o lençol tdo bem moldado com a carinha de caneta bic, e eu me contentava.
Ela que me vestia para ir na escolinha com a saia azul vestida pela cabeça,
assim para ficar bem ajeitada a roupa.
Ela que me dava os tecidos mais coloridos e cheios de flores,
para fazer meus primeiros modelos, que eu usava nas minhas barbies.
Sim, foi ela, quem nunca comprou roupa em loja sempre fez seus próprios vestidos.
Alguns, quase todos, eram os mesmos modelo, mas eram dela e de mais ninguém
Ela que tinha a lata de costura com as linhas mais coloridas,
e que eu sempre perdia as agulhas e furava meu dedo,
Ela que me ensinou crochet e fazer fuxico, quando fuxico nem era moda.
Tomava leite com pão e queijo branco toma a manhã,
e sempre na minha adolescência ficava espantada
por que eu que era a "magrela" da casa, comia 6 pães.
Quando eu era pequena, ela tinha um jardim, cheio de roseiras,
ervas para chá,primavera, uam horta,
e tinha pé de laranja, banana e romã,
e algumas outras flores e na frente da sua casa,
uma arvore com uma copa bem grande,
Depois que perdeu o marido, também perdeu o gosto pelas flores,
deixou tdo morrer e a casa sofreu uma reforma,
hoje o grande jardim da frente é calçada.
e ela nem mora mais lá, ela decidiu aos poucos,
deixar a gente...
e eu que achei que estava preparada,
chorei,num durmi,e chorei mais um pouco.
num tive coragem de ver ela,
talvez por que nossa ultima conversa foi sobre o mais novo membro da familia,
e ela soltou um sorriso e uma pidadinha...
eu acho que eu num queria ver ela durmindo.
por isso eu chorei de cabeça baixa.

sexta-feira, 19 de junho de 2009

primeira parte

pois então, cheguei em casa era quase 2 horas, o onibus atrasou teve um acidente,
no centro da cidade e aí... caos! até temtei ligar para um amigo, mas resolvi esperar!
conversei com um amigo de infancia, que me fez pensar em como tô ficando velha
e a era da internet, essa em que a gente vive faz tudo passar nuam rapidez,
muito mais rápida que o normal.
Então, num tava sendo fácil vir para casa e ela já num estar mais aqui, a minha guerreira, mas eu tava tentando aguentar, de repente abro aporta um silencio anormal,
pairava na casa que hora ou outra sempre tem uma musica diversificada a me irritar,rs.
Nunca pensei que ia sentir falta do péssimo gosto musical do Vini.
Ele tava no computador, parado.
só virou pra mim e me deu a triste notícia e sorriu, esperando a minha reação.
ele é calmo,como eu, tava moído por dentro, mas como ele mesmo disse:
você já tinha falado para eu ficar pronto! E realmente um dia antes, a gente brigou porque ele num queria acreditar que pessoas, não duram para sempre.
Liguei na casa, num ouvi o "lô" que ela dizia no telefone,
só alguns murmurinhos e uma observação:"avise seu pai"
E ai, liguei para o filho,pai,e derepente, a voz dele num apareceu.
Fiquei segundos sem saber oque fazer e algo lá dentro me ensinou a ser forte.
Meu pai, o filho, chegou e sentou, a gente abraçou, cuidou
Mas, tava sendo dificil.
E Eu tive que ligar para algumas pessoas, decidir outras coisas,
como nunca antes na minha vida senti uma responsabilidade
sobre a vida desses dois homens, como nunca tinha sentido antes,
e a minha, a minha mãe, nossa força num tava aqui.
E eu tive que ser ela, separar roupa, cuidar deles e esquecer de mim.

quinta-feira, 18 de junho de 2009

só sei,

que nada sei!

e se cada um sabe da alegria,
das suas formas, do seu olhar,
do seu jardim, e da sua cura.
porque as vezes a gente se esquece?

alguém me explica.

segunda-feira, 15 de junho de 2009

de hoje em diante

Hoje acordei.
Tomei meu café, e decidi:
sou humana, num sou de ferro.
posso até parecer forte, mas ainda sou uma mulher.
e essa femilidade precisa de cuidado.
Arrumei meus desenhos, acreditei nos meu sonhos,
separei os planos e dividi com alguém.
Coloquei meus óculos escuros, me protegi,
daquilo que vem de fora, e tenta penetrar,
aquilo que me faz mal, os raios mais fortes.
Desci as escadas, segui meu rumo,
por mais que talvez fosse o caminho de todo o dia,
parecia novo, porque hoje eu escolhi viver o novo.
e assim vou até o fim.

. tudo que é eterno, se renova .

sexta-feira, 12 de junho de 2009

dia dos namorados

e o melhor presente seria ele aqui e agora.




quantas horas faltam para onibus chegar?

quarta-feira, 10 de junho de 2009

sobre mãe e filha

- Mãe, essa estampa fui eu quem fiz!
- Sério? (ela olha com a cara de orgulho q nunca tinha visto antes)
- Foi mãe. gostou?
- Ah... Tá bonita mas podia melhorar! Você usou em todas as peças? (ela nunca assume que gostou de algo)
- Mãe é uma linha. Mas tdo bem. Essa peça é para você.
- Amanda, isso num é um vestido é?
- Mãe, você tá muito moderna. Você acha que ia te dar um vestido curto? Isso é uma bata!

e como sempre a gente terminou o papo rindo.
e a gente mudou de assunto, mas depois ela olhou, pegou na blusa e vestiu.
com um orgulho bom.
e me deu uma alegria anormal.
ela vai levar a blusa para a viagem e uma parte minha quase toda.

terça-feira, 9 de junho de 2009

manual de sobrevivência

vou acordar mais cedo, me olhar mais no espelho, fazer café e tomar.
descer as escadas sem correr, dar bom dia para a velhinha que me olha pelo portão todo o dia. Responder bom dia a amiga do trabalho sem falar sobre ele, entrar sorrindo na empresa. Vou focar no meu trabalho, mesmo que muitos não são meus.
Vou pesquisar mais, desenhar mais, concentrar mais, vou ouvir mais musica. Vou almoçar em casa, comer verdura todos os dias, e tentar uma fruta, mesmo que seja maçã. Vou assistir o jornal regional, vou descansar. Vou organizar meus estudos,
trabalhar menos, vou correr atras da minha carreira, vou fazer meus modelos, meus projetos. Vou viajar mais, reclamar menos, vou ver mais meus avós, fazer feira todos os sábados que estiver no interior, ir ao supermecado e não esquecer os produtos de limpeza, vou lavar minhas roupas, tomar mais água, usar filtro solar, não vou esquecer meus óculos, vou organizar minhas maquiagens, gastar menos em besteira
discutir menos com o vinicio, ouvir as poucas palavras do meu pai
e sentir falta da minha mãe.


.e ela vai daqui 3 dias - como faz?.

domingo, 7 de junho de 2009

sentimento

Ontem quase 3 horas no skype, fechei tudo e fui para cama.
Num sei se fui para lá ou para São Paulo, ou fiquei vagando entre nossas vidas.
Pois bem,
Sei, sempre soube racionalizar muito bem as coisas, e tem sido assim.
Claro, isso as vezes é uma bem visto pelas pessoas, significa maturidade as vezes.
Mas ontem, foi diferente, como todo o dia é, eu sei.
mas... eu pensei: por que ficar escondendo oque você sente,
esconder suas vontades, segurar seus choros, evitar gritos,
conter suspiros. Pra quê?
Até quando você vai querer todas as suas certezas exatas para poder falar algo?
Quanto tempo você ainda tem? Ningém sabe, mas sabe que o agora você ainda pode
dizer por quem seu coração bate. E se você racionalizar demais,
talvez, você vai perder de mostrar quem você é e quem você quer.
Então eu dedidi, eu sinto. E sinto mesmo.
E essa falta de ar e esse frio que dá, realmente são os rumores.
e eu num vou ficar tentando racionalizar oque eu sinto.
se é amor é uma escolha e tenho escolhido a cada dia,
escolho também sentir.
e receber.





e essa foi a música para durmir:
"Quero dizer pra sempre
Que eu te mereço
Que eu me pareço
Com o seu estilo
E existe um forte pressentimento dizendo
Que eu sem você é como você sem mim
Antes que amanheça, que seja sem fim
Antes que eu acorde e seja um pouco mais assim"

quinta-feira, 4 de junho de 2009

.palavras de um pai.

"não precisa disputar, é só vc ser vc mesma e com graça."

"vou até te dar um exemplo, você até pode entender de moda mas eu sou mais velho e já ví muito mais coisas da moda do que você.Sabe oque eu nunca ví sair de moda? Jeans e camiseta branca, nunca sai. é simples e bonito."

"então sua ideia tem que ser simples e bonita, nada mais. E misturado com graça, vai dar tudo certo."





quando você tá no meio de uma crise criativa
e ele tá no meio do Egito,
você acredita na paternidade e na força que há dentro dela.


ele até pode num saber de moda mas me conhece. :)

todo o dia ela faz.

desenho,
illustrator,
lápis,
giz pastel,
vogue,
café,
bazar,
wsgn,
livro,
musica,
papel,
elle,
photoshop,
óculos,
fast food,
caneta,
cores,
frio,
escada,
chave,
celular,

cotidiano.
e mais 450 km que separa.
mas une.
cansada, mas FELIZ!

terça-feira, 2 de junho de 2009

revolta

Quanto tempo mais as pessoas vão repitir os mesmos erros?
Não que não erramos, claro erramos e muito. Eu sou exemplo de erros contínuos.
Mas, há algumas que erram as mesmas coisas, com as mesmas pessoas, e usam a mesma desculpa no final.
Eu fui dessas que ouvi, e passei por esse ciclo.
Acredito na mudança, acredito no perdão.
Mas hoje eu num acredito em alguns tipos de coisas que se dizem "gente".
To falando daqueles, que existe em bandos, vivem de conversinhas.
Vivem de julgar os outros, rir e também invejar.
mas... se dizem amigos, sorriem para você.
Vão até dizer que você faz parte da vida deles, num é irmão?
Minha frustação não é pelos erros e nem atitudes, vai além.
Esta em, estes mesmos são quem deveriam estar fazendo a diferença e exercendo influencia na vida do próximo.Mas, não num é.
A vida é ser evangelista, alcançar o mundo pra que pensar no seu vizinho, seu amigo?
Se existe o mundo lá fora?
Num é?
Talvez eu num influencie os 2.000 povos não alcançados pelo amor, num é?
Mas vou influenciar meu amigo daqui do lado,e viver aquilo que falo,
nem que isso leve a minha vida.

pessoas não são numeros,
pessoas não são objetos,
pessoas não são para qualificar,
pessoas não são para ser julgadas.


e para mim tudo tem uma consequencia.

segunda-feira, 1 de junho de 2009

.domingo.

ontem.
31 de maio de 2009
como diria o anônimo:
"primeiro dia, de todos. e eu sou diferente."
e fez aquela piada e me fez rir,
e entender que a cada dia que passa se torna mais forte.
agora, é oficial.
e o anônimo tem nome.





"uma mãe sempre espera o melhor para a filha. eu vou querer mais oque"
(e ela abençoou)

sexta-feira, 29 de maio de 2009

criseativa

tudo é feio.
tudo é igual.
tudo é medonho.
tudo é demodê.
tudo é fluor demais,
tudo é muito pastel.
tudo é muito duro.
tudo é liso demais.
tudo é cult demais.
tudo é colorido demais.
tudo é s/s 2009.
tudo é linha contrária.
tudo é muito claro.
tudo é muito gringo.
tudo é nada.



ou seja, quando a gente tá numa crise melhor tirar férias.
um dia eu faço isso! ;)







rá. mas hoje e sexta e domingo tá ai!

quarta-feira, 27 de maio de 2009

enquanto isso.

10:22) he says t: Man
(10:22) he says t: é diferente



heart says: eu nunca tive tanta certeza!

domingo, 24 de maio de 2009

sensações

sabe mudança de clima?
cheiro de bolo saindo do forno?
casa de vó?
café passado na hora?
ganhar roupa nova?
sabe melodia matinal de passarinho ?
trabalho terminado?
cores do por do sol?
ligações no fim do dia?
mensagens de bem?
amigos de longe por perto?
sabe dia frio na cama?
fruta fresca?
choro no colo de mãe?
chocolate com castanha?
banho demorado?
sabe pedido de namoro?
primeiro abraço?
sorriso entregado?



isso pode até ser parte ou parecer, mas vai além.
sabe... aqueles rumores, aumentam.
e já são mais que reais.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

um par

tempo diz tudo, eu acho.
todo mundo pensa assim.
ainda mais quando a gente está falando de escolhas sérias e que tem uma importancia grande.
mas, eu realmente acho que horas podem dizer muito,
e anos podem dizer nada.
pra mim o tempo é contado por batidas de coração.




essa é história de um par, ninguem precisa entender

pra clariar

tem épocas que na vida amadurecer vai além de morar sozinha.
você tem que saber quem você é e não deixar ninguém fazer você de troxa.
mesmo, que você se ache uma.

terça-feira, 19 de maio de 2009

error.

viver com o o erro é algo que me deixa mal,
você assumir então...
pioro.
e quando você erra algo que você sabe o certo?
você sempre erra com quem você ama.
você sempre erra o caminho,
erra a letra da música, o telefone, o fechamento de arquivo, as colorações
o email...
e oque tem sido constante, erra o desenho.

o erro é oque nos torna humanos, e o perdão é oque nos traz a sensação de vida.
pois ela continua.







-post por stress de erros profissionais-

segunda-feira, 18 de maio de 2009

hun

acho que hoje eu esqueci de falar em português,
só to no alemão ou mandarim.
e ninguém me entende, miercules!



custa dar certo um fotolito pelo menos".








e custava o sabado durar pelo menos 5 dias!rs.

domingo, 17 de maio de 2009

um dia.

que saiu do subentendido,
dessas tais entrelinhas.


e o que era real se tornou palpavél.

sexta-feira, 15 de maio de 2009

sobre você

tem gente que vê oque você faz. Se você trabalha,
se você ganha um salário, se você está numa grande empresa,
se você é uma boa profissional, se você vai comprar seu carro.
tem gente que vê a marca das suas roupas, se seu perfume é importado,
se você entende de música, se você leu a última revista de pensadores,
quantas linguas você fala, quantas cidades você morou.
E ninguém se importa, que você as vezes num almoça,
as vezes trabalha 20 horas por dia, que as vezes seu sálario atrasa.
que você as vezes num vai estar na moda, que seu perfume sempre vai ser de baunilha.
que suas musicas prediletas na maioria das vezes não vão estar na moda.
que você mora a onde der e se virá no idioma.

Tem gente que espera que você seja da forma que eles sonham.
mas...o meu "about me" vai além das expectativas alheias.

.post para quem se dizia irmão.

-hoje é? SEXTA!-

quinta-feira, 14 de maio de 2009

.clichê.

as vezes a gente que espera o pior...
tromba com o melhor por um acaso numa esquina, derruba tudo,
que a gente carrega com tanto esforço no chão.
e sem querer ele te ajuda a juntar essas coisas, sonhos.
joga fora sa coisas que você num vai mais usar,
organiza tudo e te leva até em casa.
e você finge ainda não acreditar que trombou com ele.


mas acho que num dá mais.

quarta-feira, 13 de maio de 2009

pare, respire e siga.

tem alguém querendo tirar o melhor de você. - já diria grohl, rs.



as vezes me pego lembrando de coisas ruins, que me trazem medo.
mas eu paro, respiro e sigo.




falta quantos dias para o sabado mesmo?
:)

terça-feira, 12 de maio de 2009

esse mês.

sempre dizem que é o mês das noivas.
num me atrai muito esse mês, alias se um dia casar nele é por pura concidência e não tradição.
mas... que algumas coisas mudaram nesse mês, aí sim, mas não por ser qualquer maio.
e sim o mês de maio de 2009.
eu realmente acho... que está um mês mais colorido.
assumo.
não só comigo, assumindo todos os rumores por aqui.
mas com amigas de longe, amigas de perto, companheiros de msn
e enfim acho que o mês das noivas, realmente tá trazendo ares diferentes.

e por mim, esse maio dura pra sempre.
vida de maio para mim e para pripa. :)

segunda-feira, 11 de maio de 2009

((0))

- Aparece perfumado de rosas e mel
Feito o azul do céu
É escancarado, encantado
Tem também na voz de quem canta pro dia
É o oi da manhã
O alô da alegria
É o tudo bem quando vai muito bem
Sinfonia da harmonia
Eu quero ser, eu quero ter
Eu quero fazer bem pra alguém
Quero encontrar eu quero espalhar
Eu quero cantar pra ver o que é que dá porque
Ainda bem que cantar faz bem ! -
(rosas e mel - jair rodrigues)




pois é neh!

domingo, 10 de maio de 2009

track1 - autor desconhecido

eu poderia xingar aqui,
chorar, gritar.
poderia...
mas eu acho que existe algo de mim é que é maior.
pense nisso:


quando o nosso intuito é sujar alguém,
e acaba sujando mesmo, envolvendo pessoas, usando pessoas.
mas, se esquece... quem você sujou, se limpa ali na frente,
naquele rio, naquela bica, ou com a chuva que tá chegando.
mas...você, que tá com a sujeira usando contra alguém,
você teve a escolha de limpar suas mãos, mas escolheu usar ela.
e você se sujou, você escolheu.


minha vida vai além do que algumas pessoas pensam.
e ninguém vai me usar. ninguém.
sabe aquela confiança...as vezes ela insiste em sumir do meu controle.
mas... eu CONFIO.

sábado, 9 de maio de 2009

é ou num ou num é...

é.





. chega de dúvidas, neh .
simboralá

sexta-feira, 8 de maio de 2009

CONFIANÇA

é tão ruim a quebra de uma.
você se sente vulnerável a qualquer coisa,
hoje eu juro que passou na minha cabeça:
"confiar em pessoas é uma maneira de se suicidar, as vezes demora, mas chega!"
mas...
não deixando de lado, a vontade de viver!
tem gente boa, tem gente que você sem mesmo ver, vc acredita!
tem uma pessoa sonhando com você.
e num é sou o aqui e o agora, e acima de tudo:
vc é exatamente você e ele é exatamente ele.
e a confiança, essa só aumenta.


tem pedra no caminho que a gente faz de degrau. :)




o 3 vai bem. o espetaculo tb. trampo tb. coração tb.
TO FELIZ e nada tira isso

quinta-feira, 7 de maio de 2009

milagres

acontecem.



um dia tudo errado, no outro quase tudo em ordem.
só algumas coisas, que não são detalhes...mas estão dentro do tempo.

quarta-feira, 6 de maio de 2009

chance.

e se você tivesse a chance de viver tudo que está dentro dos seus princípios.
você viveria?
ou sobreviveria num mundo sujo?


eu escolhi viver. e não me arrependo.

terça-feira, 5 de maio de 2009

3

o numero
o tempo
a marca
oque move.




...

segunda-feira, 4 de maio de 2009

rá.

ora francamente.


as coisas que eu achei que não iam nunca mais passar pela minha cabeça...
não passam,
agora são outras, novas, coloridas, cheias de estilo, e equilibrio.



sabe os rumores?


AUMENTAM.

domingo, 3 de maio de 2009

minha imperfeição

sabe quando você começa a entender certas coisas,
quando você realmente entende suas dores,
oque você passou, oque você ouviu agora tudo faz sentido.
oque antes era perda virou vitória,
o seu choro virou alegria.
então esse é o tempo.
sabe aquele lugar onde seus projetos, são reais.
onde oque você sabe fazer de melhor e ama, é respeitado
é o lugar onde todos os sonhos podem e vão se tornar reais.
então esse é lugar.

eu sei que nada é perfeito, nada é.
mas só de ter vontade de viver. pra mim já basta.

"por isso você é o lugar pra onde sempre vou e fico" - essa frase nunca foi tão real

sábado, 2 de maio de 2009

explicando...

vai além da moda e projetos profissionais.



pronto.

sexta-feira, 1 de maio de 2009

quer ouvir mais oque?

"Você já sofreu bastante
E brigou com si mesma
É hora de você ganhar


Suba neste barco
Naufragante e guie-o pra casa
Ainda temos tempo
Eleve sua voz esperançosa
Você pôde escolher
Você fez sua escolha agora

Se apaixonando aos poucos
Cante sua canção
Que te acompanharei...
Me chame, que cantarei junto com você." ( tradução de falling slowly - glen hansard)


ou seja: relaxa e curti.







FELIZ

quinta-feira, 30 de abril de 2009

09:26 a.m

quase sem tempo para respirar.


num vou dizer que tá fácil, mas que tá bom.
isso sim, mas aquele bom de boca cheia
e coração grato.-

sábado, 25 de abril de 2009

:)

vai dar certo
ele falou, eu confiei...
mas num vou mentir ouvir um "vai dar certo",
ainda dá muito medo.
mas... eu confiei. ele confiou. nos confiamos. eles confiam ...NELE!
e posso dizer, alias posso gritar:
VAI EU SEI! TUDO VAI DAR CERTO.

começando pelo figurino do espetáculo.
pois é, isso aqui, aquilo lá, é mais do que a gente pensa ou espera.
é quando o sobrenatural, se torna natural.
e quando você descobre que você num para por aqui.




.como diria minha amiga marry: dream come true.
(foi mal ae!)

sexta-feira, 24 de abril de 2009

cada escolha, uma renúncia?

- tentar durmir nessa 1 hora ou continuar acordada?
- tomara café aqui ou na empresa?
- responder ou não as mensagens?
- cor clara ou vibrantes nas calças do espetáculo?
- ler as noticias ou ler um texto de um autor querido?
- ver email pessoal ou da empresa?
- já estipular prazo para a i.v do espetaculo ou conversar ainda?
- comprar as camisetas ou pensar mais um pouco?
- terminar as pendencias ou começar os novos projetos, pois são mais rápidos?
- mandar um email relembrando o sócio ou falar direto com ele?
- almoçar em casa ou resolver algusn problemas na empresa?
- pegar café ou continuar os projetos?
- parar tudo e escrever no blog ou deixar para amanhã?


e foram só algumas das escolhas, ainda é 10 da matina.
que o dia seja repleto de boas escolhas pra o mundo.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

entrelinhas

aquilo que você deseja falar ou mostrar.
isso,
aquilo...e não extamente oque você está dizendo.

você usa palavras e expressões para expressar aquilo que realmente você esta sentindo.
pois é, mas você não diz.
mas está lá subentendido. Ou não?
é uma forma de estimular a criatividade de quem recebe essas informações.
ou de confundir.
no meu caso, tem até pessoa sendo entrelinha, nesse caso,
a gente pode chamar de "entre- vidas."


- pois é para num falar demais e já mudar de assunto,
e o figurino do espetáculo "nós que somos vira - latas" ?

Foi assim...

acordar foi tão bom.
e saber que pesadelos, agora são só pesadelos.


:)

quarta-feira, 22 de abril de 2009

completo.

quando você se sente assim,
você começa a entender que algumas coisas surreais,
acontecem e estão acontecendo com você.






- rumores de um tempo bom -

segunda-feira, 20 de abril de 2009

" These days are better than that. "

mais moda
menos preconceito.
mais idéia
menos medo.
mais sorriso.
menos tristeza.
mais ar
menos poluição.
mais relacionamento
menos numero.
mais escolhas
menos repressão.
mais cor
menos chuva.
mais viagens
menos sono.
mais amigos.
menos prisão
mais liberdade
menos menos bem menos...nada do passado.

mas muito mais doque a gente espera.


. nossa vc tem muito potencialll ....viver pensando nisso é se machucar d+ .
[tem frase que vem na hora exata]

sexta-feira, 17 de abril de 2009

tudo mesmo.

tudo que é eterno se renova.


tem coisas que a gente queria fazer durar para sempre,
tem momentos, e tem até pessoas, que se fosse possível a gente guardava num potinho.
mas... eu ainda não utilizo muito desse renovo,
acho que tudo tem que começar bem nunca ter falhas e ir até o fim.
aí fica dificil.
eu fico vivendo algo novo, que deveria ter passado por esse renovo.
com um peso do passado, com um cheiro de erro no ar!
é exatamente isso que me deixa frustada e triste.
levar comigo um peso de algo que era para ser passado.
quanto tempo leva para uma pessoa aceitar o renovo.
quantas idas no cinema? quantos dias no quarto escuro?
quantos almoços? quantas fomes?
quantas gripes? e curas?
se tivesse uma fórmula mágica eu escreveria aqui.
acho que a fórmula mágica é deixar esse renovo acontecer simplesmente.
assim...fechar os olhos e decidir que o renovo está no ar.
num vai ser tão fácil quanto escrever, mas tenho certeza que é um bom começo.
é a mudança de mente, e tem que haver essa escolha.
digamos uma revolução. e como Che nos ensinou,
revolução você tem que dar a cara á tapa, entrar de peito aberto.

e lá vai ela mais uma vez. ;)

sábado, 11 de abril de 2009

a mais pedida.

a capacidade de esquecer é incrivel.
sempre soube disso, e eu sou prova viva de uma aminésia vinda não sei da onde!
sempre esqueço, perco as coisas.
mas se todos tivessem isto seria fácil,de esquecer coisas, seria confortável.
mas não, esquecem muitas vezes de quem somos,
olham para praticas atuais, esquecem que:
você chorou,
você amou,
você sorriu,
você batalhou,
você machucou,
você cresceu,
você sofreu,
você dançou,
cantou também.

ae você dá um intervalo, e eles esquecem de tudo.
e então temos que voltar com um grande sucesso, o de SER QUEM SOMOS,
para eles lembrarem do ritmo que toca a nossa vida.

quinta-feira, 9 de abril de 2009

motivos

1. tem um sonho
2. tem familia
3. tem infancia
4. tem mãe
5. tem amigos
6. tem escola
7. tem danças
8. tem motivos
9. tem choro
10. tem medo
11. tem teimosia
12. tem garra
13. tem esforço
14. tem viagens
15. tem escolhas
16. tem dor
17. tem renovo
18. tem dificuldades
19. tem presente
20. tem novidades
21. tem vida
22. e muito mais.


foi assim
é assim
e será.


Com 22 ou mais motivos, para agradecer e viver.
E daqui em diante muita gente entrando e ficando pra sempre.
Aqui do meu lado a gente vai viver muito mais.

quarta-feira, 8 de abril de 2009

.surpresa.

tdo dia tem uma, certo?
mas surpresa avisada, surpresa esperada!



rumores de um fim de semana cheio delas.
e que venham boas ou ruins.
meu peito tá aberto!
num sou do tipo que foge disso.
que venham...



mas sinto que hoje será a mais importante e mais esperada.
(tipo de supresa esperada há mais de 20 anos, precisamente 22)

terça-feira, 7 de abril de 2009

. por estar .

por estar longe eu me aproximo.
por estar doente eu vivo.
por estar sorrindo eu choro.
por estar levando eu paro.
por estar certa eu erro.
por estar triste eu me alegro.
por estar sozinha me ajunto.
por estar aqui estou ali.
por estar trabalhando eu descanso.
por estar calado eu falo.
por estar observando eu participo.
por estar vivendo eu morro.




"perder a vida pra encontra-lá é a medida que me embala, e quem me fala é uma voz que diz: ide e levai." - Danni Distler

quinta-feira, 2 de abril de 2009

composição

Ela é nova, linda e forte.
Tem cabelo castanho, mas já foi loiro, preto e vermelho.
Ela ama pessoas, cozinha, e trabalho. Nunca eu a ví parada.
Com quase 50 anos ela me surpreende, está de mala quase pronta para uma viagem ao Nepal. Ela realmente é meu exemplo.
Sempre enfatizou a vida integra, ajuda ao próximo e a libertade de escolha.
Mas, sempre foi dura e rigida em alguns aspectos, mas foi o essencial.
Ela preza a inteligencia, mas é totalmente ligada a estética.
Ela é forte e guerreira, se pudesse levava o mundo nas costas.
Ela sabe exatamente como mimar as pessoas e também como chamar atenção.
Ela é parte da minha composição.

SONIA GASPAR - parte materna.





[para entender do que sou feita]

quarta-feira, 1 de abril de 2009

hoje

vou acordar cedo,
ouvir o despertador mais de 3 vezes, ainda ter uma manha na cama.
pensar na roupa, levantar da cama, escovar os dentes.
abrir a porta, descer escadas, dar um bom dia aqui outro ali.
entrar no carro, ouvir as noticias das cidades, com o sotaque da cidade.
entrar pela porta, abrir outra e as janelas...
fazer a oração matinal, tomar o café,
sentir um carinho e se cuidar com remédios.
conversar com amigos, trabalhar.
trabalhar.
conversar com trabalho, amar.
amar.
sair, ligar para ela ou para ele.
se banhar, durmir, acordar.
se vestir, receber visita ou visitar.
ler um pouco e boa musica escutar.
e durmir para o hoje acabar.



você é livre, você escolhe...eu e meus efemismo também (tipica frase que só duas pessoas entendem)

terça-feira, 31 de março de 2009

você vive ou sobrevive?

só de você expressar tudo oque você sente aqui, já é algo lindo.
só de você expressar oque você quer para eles, já é algo forte.
só de você expressar um desejo, já é exemplo.
só de você expressar QUEM VOCÊ É para qualquer pessoa,
dentro ou fora dessa caixinha que podem até chamar de família,
você se tornaria surreal.


Mas num existe raros assim.

Eu sou um desses que é,somente é, aqui e ali. E a minha caixinha me aceita.
ufa.

domingo, 29 de março de 2009

niguém disse.

que iria ser fácil a vida.
se dizesse talvez eu nem iria querer viver.
do jeito que eu sou,
eu num iria querer facilidade!
o mais díficil me atrai.
mas a dor me distrai, e as vezes queria que fosse mais fácil.

quinta-feira, 26 de março de 2009

Eu tenho os meus defeitos, e todos eles bem acentuados.
Além desses todos, sou orgulhosa, daquelas que acha que é humilde. Ou seja, pior espécie.
Eu tenho 21 anos, e ela toda foi preenchida por algo que se chama GRAÇA.
Quase ninguém das pessoas que eu convivo hoje tem conhecimento disso, é pela GRAÇA que estou aqui nessa cidade, nesse emprego, naquele apartamento, com aqueles amigos, com aquilo e muito mais.
Ontem eu lí algo que eu sempre ouço, de uma das melhores musicas do U2.Mas ontem foi bem diferente tudo fez tanto sentido
E comentar sobre essa musica, me fez ouvir uma certa história, contada por alguém que está sendo a maior expresssão de GRAÇA na minha vida, e foi exatamente assim:
" Graça é bem diferente de misericórdia.
Misericórdia é quando o pai vê o filho fazendo algo de errado e diz: - Não vou te bater, filho venha aqui me abraçe.
Graça, o pai diz: - Filho isto está errado, vamos tomar um sorvete."
GRAÇA é algo surreal. Humanamente quase impossivel, é quando você recebe um presente. Porque a Graça cria coisas lindas, a partir de coisas feias.


Eu estou hoje aqui, por essa GRAÇA.

quarta-feira, 25 de março de 2009

e se...

e se você soubesse,
que hoje a noite vai chover.
a próxima musica que a rádio vai tocar.
a cor do esmalte da sua vizinha.
a notícia mais importante do Jornal Nacional,
que ele vai ser preso.
e se você soubesse,
que ela é dependente,
o outro é gay,
que o Japão vai suimir no mar?
e se você soubesse,
a história que ele vai te contar,
o carro que vai virar a esquina,
a próxima pessoa que vai morrer.

e se você soubesse
do futuro?
do amanhã?
e se você só soubesse mais ninguém.
você contaria, ou deixaria as coisas como estão?



ou tentaria contar por meias palavras para num doer tanto.

terça-feira, 24 de março de 2009

para você

comeu no mesmo prato.
durmiu na mesma cama.
usou as minhas roupas.
imitou o meu cabelo.
queria o tom da minha pele.
usou o meu vestido.
conheceu os meus amigos.
ouviu as minhas musicas.
sorriu para o mesmo lado.
tentou o mesmo emprego.
usou as minhas palavras.
e até o meu perfume.
pegou minhas bolsas, sapatos e pertences.

ela tentou ser eu.
ela num conseguiu.
tentou destruir, até conseguiu.
mas eu me refiz.
te desejo paz, amor e vida.



"Num lugar onde é semeado inveja, as idéias nascem mortas." - e era assim

segunda-feira, 23 de março de 2009

além

É muito além.
além da calça jeans da ultima coleção.
além do óculos roxo,
do sorriso largo.
Sim é muito além,
além de Marília,
São Paulo ou Rio de janeiro, ou Europa.
É além de desenhos,
além de design, além da moda.
Além das bolsas, óculos grandes,
além dos tenis e camisetas.
É muito além das musicas, das histórias,
Do perfume de baunilha ou dos chicles de canela.
Além de Mc Donald's ou de comida de vó,
de choros e de gargalhadas,
além de sonhos com o principe encantado,
ou com o filho tão esperado.
ela é além.
é além daquilo que você enxerga ou sente.
Ela é ele sem saber.

domingo, 22 de março de 2009

meu nome é.

Catarina: Significa pura e revela uma pessoa rigorosa consigo mesma e com as outras. Tende a bancar a moralista e a dominadora, mas seu pioneirismo e sua criatividade compensam este autoritarismo e lhe dão condições de alcançar seus ideais e financeiros. Do grego "pura, imaculada".

Desde que ele assistiu numa novela,dessas que toda o fim de tarde depois de um dia de sol ou chuva, cavalos, gados, mato e cercas e muito trabalho ele senta como um ritual e assiste um pouco de TV. Mas foi numa dessas tardes, que ele descobriu meu nome para um batismo sem querer e até hoje é assim.
As vezes de filha, as vezes de Amandinha, as vezes de menina, mas sempre, todos os nossos encontros ele solta um Catarina.
E eu sempre respondo, ao Jorge Gaspar, o grande exemplo da minha vida, meu avô.
Tem 10 filhos, cada um com personalidade mais forte que outro, filhos vindos de um homem de caratér e fibra que hoje já velho ainda faz os mesmos trabalhos que fazia quando tinha a minha idade.
E ele me batizou de Catarina, nos altos dos meus 15/14 anos, num me lembro a data exata. Só sei que é esse nome que quero dar a minha filha, pra sempre me lembrar dele, de todos os seus ensinamentos. Hoje esse nome ainda é meu, e eu ainda num tenho uma filha, e o Jorge , que eu peço benção sempre está ainda aqui do meu lado, e a escolha do nome foi exata. E eu precisava expressar meu agradecimento. Não só a ele, o meu vô Jorge Gaspar. Mas a Deus por ter me colocado na vida dele.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

?

eu tento.


eu me esforço.
mas o bendito do equilibrio que me falta, num aparece.
alguém sabe onde compra?

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

descompasso

nem sei que aconteceu.
Tudo rápido e fim.
ou começo. sei lá.


tentando entrar no ritmo. daqueles que eu nunca entrei.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

daqueles.

Ontem foi assim:
Sabe o dia que tudo dá errado?
Aquele dia que você acorda com o pé esquerdo,
E uma chuva de dar sono por um ano?
e ainda leva banho de poça d'água, sete e meia da matina?
Quando você acha que gravou aquele arquivo importantíssimo, mas só acha?
Quando seu celular some, e você fica super desesperada?
Aquele dia que você fala em português, mas tem certeza que estão te entendendo em alemão ou mandarim?
Ou aquele email que você tá esperando num chega?
E aquela insuportavél, insiste em fingir ser sua amiga, e vc finge acreditar?
E sua amiga te dá a notícia mais estranha do ano e a sua melhor amiga ainda confirma, e ainda diz que sabia disso há tempos...
Sabe aquele dia que se você soubesse do que ia acontecer você num levantaria da cama?
Pois é..
Ontem foi assim, mas no fim da tarde aquela chuva passou.
O céu ficou limpo, notícias boas chegaram, foi o vento de fim de tarde que trouxe.
Pois é a família tá voltando, nada certo, mas só de haver rumores já há um alívio.
E ficou aquela sensação: aconchego, conforto, amizade de verdade, tá alí.
No fim daquele chuvoso dia.

só para constar:
- o email chegou
- o arquivo tá pronto
- há trampos na área
- o céu ainda chora por aqui, mas talvez agora seja de alegria :D


só para constar, ontem eu vive mais uma cena dessas:
http://www.youtube.com/watch?v=Vg0zRzoH9MY

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

xôconta!

Em um desafio tudo demora, precisa de disciplina.
Você precisa aprender, e na maioria das vezes, você sofre.
No meu caso tudo parece 100 vezes maior do que já, devido a meu "maria do bairro lifestyle".
Eu sempre quis o pior, o mais díficil.
Quanto mais desafiador, está ela. Sorrisinho no rosto, pintinha do lado da boca, seu super óculos de sol e sua disposição. E lá vai...
Desafio, loucura, impossível. Palavras atraentes demais!
Acho que eu nasci para quebrar os tais padrões, e chego a acreditar que fui feita pra isso.
Enquanto o mundo se descontrola, perde cabelo, quebra o pé, chora, grita.
Eu, essa senhorita com a maior paciência tentando entender o porquê as pessoas se descontrolam no primeiro, no segundo ou no décimo quinto desafio...Se é disso que ela vive, ou melhor... Se é por isso que ela vive.
Hoje, eu realmente queria entender porque desafios me atraem.

E eu acho que me apaixonei por um, e agora ele é meu plano A.
Já, já conto detalhes...


enquanto isso: http://www.flickr.com/photos/amanda_gaspar

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

TPM

Tem dias que ela num tem saco.
tem dias que ela num sorri.
tem dias que ela esqueçe de tudo.
tem dias que ela odeia o mundo.
tem dias que ela num acorda.
tem dias que ela num fala.
tem dias que ela num obedece.
tem dias que ela num come, isso acontece com frequencia.
tem dias que ela muda de cidade.
Pra ser sincera, ela odeia.
pra ser sincera, ela é falsa.
pra ser sincera, ela não gosta de você
pra ser sincera, ela acha ridicula essa sua roupa.
pra ser sincera, ela nunca gostou do corte do seu cabelo
pra ser sincera, ela sempre vai ter uma resposta.
pra ser sincera, ela quer morrer, pode ser hoje.
Mas ela chora.
mas ela ama.
mas ela drama.
mas ela teme.
mas ela lê.
mas ela sofre,
e nem ter que viver nesse cotidiano, tão instavél.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

vida como ela é.

liberty. liberty. liberty.
é engraçado como foi isso que não deixou eu viver por hoje,
mas só por hoje e amanhã e pela manhã.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

de cada dia.

mudança acontece quando a gente resolve,
quando corta o cabelo, ou quando ele cresce.
quando as aulas acabam, ou quando começam.
mudança sempre acontece.
seja na troca do shampoo ou de lado.
sempre mudamos.
seja no estado de espírito ou de cidade,
mudança, move a vida.
os encontros e desconcertos.
mudança sempre acontece.
há mudança para o bem, outras só convém.
mudamos de endereço, perfume e de roupa.
sempre, todo o dia há um mudança.
mudança, renova.
e por isso que a vida renova a cada manhã, o novo dia já é uma grande mudança.
ainda bem.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

só para constar.

Eu tenho algumas coisas para dizer.
Vou abrir a porta de casa, pela última vez e te explicar.
Você me explicou tão bem que acho que não entendeu, incrível.
Num tenho nada contra você, aliás nada mesmo.
Mas eu acho que falta o bom censo, você deve ter perdido no domingo.
Com certeza, perdeu.
Só para constar, é a última vez que você entra na minha casa.
Senta nessa cadeira, pega seu copo de água e me ouve.
Eu entendi o domingo.
Minha mãe me ensinou a ter bom censo, a não subestimar a inteligência alheia.
Por favor, não me subestime.
Toma essa água, levante da minha cadeira.
Eu ainda posso te levar até a porta.
Agora eu vou fechar a porta, por favor não bata e nem peça pra voltar.

Eu posso até lembrar ela, mas eu não sou idiota o bastante.

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Regras.

Pra começar, tem que ser sem apego.
sem posse, tem que ter liberdade.
ter vontade, ter vida.
Precisa de impulso,
precisa de amigos, de família,
e de algum trocado no bolso.
Pra dar certo tem que ter tempo,
tem que ter conversa, ter renúncia
tem que ter choro e raiva.
e perdão.
Pra crescer tem que ter pernas,
daquelas que te levam a qualquer lugar,
ter sorriso, respeito,
e muito suor.
É preciso muitas coisas,
escolhas e caminhos.
Choros, despedidas, encontros e desencontros.
Amores, namoros e casamentos.
Raiva, dor e alívio.
Cansaço e alegria.
É só viver,só isso.

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

desabafo.

se eu soubesse onde você está, eu iria correndo.
iria.

domingo, 18 de janeiro de 2009

O tamanho do seu sonho.

Sonhos, daqueles que não envolve uma pessoa.

- Hoje 80% das mortes entre jovens, são homícios.
- A cada 2 horas uma criança é abusada sexualmente.
- 20 milhões de crianças morrem de fome anualmente.
- 42,570 de brasileiros vivem com R$ 1,00 por dia,em média.
- 580 mil de jovens morrem pelo uso ilícito de drogas.
- São cerca de 16.433 favelas no território brasileiro, onde os chefes de família vivem com uma média de R$ 300,00.

E assim se perdemos, em mil ou milhões.
Quase ninguém para pensar ou anlisar estes numeros.
Muito menos a lutar por certas causas que acham ser somente o governo brasileiro responsável pela mudança. E se esqueçe que somos os reais responsavéis por coloca - los nos cargos.
Eu acredito numa mudança, aliás nasci em uma família que luta por isso.
Mas ás vezes me perco vivo minha vida de sonhos e tão pequenos, daqueles que talvez num mudaram nada, só a minha conta bancária.
E você?

alguns lugares para acesso:
http://www.favelatemmemoria.com.br
http://www.atini.org/
http://www.unicef.org.br/
http://www.antidrogas.com.br/
http://sexxxchurch.com/

sábado, 17 de janeiro de 2009

CONsente

Ela fica quieta. Olha para o teto, chão , percorre as formas, olha no olho. e cala.
Sempre cala. Quase chora, ou melhor, chora mas tão calada que nem a lagrima aparece.
Ela cala porque é duro, expressar é dificil, o jogo das palavras então...então, ela cala.
Ela num consegue, ela ouve tudo. Guarda lá dentro, ás vezes joga fora, mas quando é pesado ela guarda. Guarda bem e cala.
Porque tem gente que fala demais, então ela prefere, ficar quieta.
Poupar palavra,folego e as vezes sentimentos.
Ela acha que tdo mundo deveria fazer isso, poupar palavras.
Mas ela se engana, poupa tantas palavras que se prende.
Fica quieta mais uma vez e consente e sente. Sente muito mais que consente.
Sempre cala, e se perde, erra por não falar ou por sentir demais.

Apesar de muda, ela é sociavél, chega a irritar.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

sempre tem.

Tem gente que é legal,
tem outros que eu num faço tanta questão.
Alguns sempre olham,
outros fingem que não vêem.
Tem gente que tá sempre aí,
outros que nem alí estão.
Tem gente que sempre vai retornar a ligação,
outros que nem vão pegar o telefone.
Tem gente que te vê de longe,
outros que num querem perto.
Alguns olham sua roupa,
outros copiam.
Tem gente que pergunta tudo bem,
outros nem te querem bem.
Alguns sempre dão abraços,
outros nem um sorriso.
Tem gente sempre com uma musica nova,
outros na mesma rotina de sempre.
Alguns não você num vê há anos,
outros você nem quer ver.


Sempre tem...Um e outros, aqueles e aquilos.
E sempre vai ter.

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

ontem.

Um dia comum de verão nesse país que insiste em disputar com o Egito,
não que eu seja avessa ao calor, mas ás vezes preciso da chuva.
E ontem ela veio, há rumores que banhos de chuva lavam a alma, bom eu não acredito
tanto nisso. Mas que eles são ótimos, trazem leveza e vem direto do céu,tomar um
banho de chuva é como se realizasse a ligação céu e "eu".
Mas ontem não pude aproveitar, tava na frente do computador acabando algumas
estampas milimétricas, e perguntando para um amigo do outro lado da cidade se a chuva tinha chegado por lá. Liguei para outro que precisava de um banho de
cachoeira, para ele se contentar com a chuva, que era melhor e nos conectava com o céu. O céu escuro, o msn e o celular anunciaram a chuva.
Que eu num pude nem ver, mas eu senti quando saí do trabalho, alguns pingos ainda
caiam do céu numa forma de cuidado celestial em me abençoar através daquele chuvisqueiro.
Ontem, foi assim.
Um calor, uma chuva, um jantar pra mim mesma.
Uma conversa, um copo d'agua, um passeio por Marília.
Uma mesa, algumas cervejas, uma volta.
Uma escolha e uma cama.
...e uma coisa ficou: uma música, talvez traduzindo tudo.
Ou só anunciando.
NUM SEI.

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Cremes anti-idade.

Tenho 21 anos, algumas rugas de expressões, manchas de sol e algumas cicatrizes.
A maior parte delas no rosto, onde também abrigas as pintinhas.
Pois então, resolvi no auge da minha velhice de adolescente adquirir produtos
anti-idade, é claro que nada forte, só algumas medidas preventivas.
Mas estava pensando, como nós mulheres somos, temos cremes para todo o tipo de coisa,
olheira, rugas de expressão, hidratação, clareamento, rugas de velhice seja ela de 25ou 70 anos, é creme pra aquilo,pra isso e pra tudo.
A gente sempre tem um creme na bolsa seja pra mão,
pro rosto ou para o pé. É uma facilidade só...
Pele ressecada, creme nela.
Manchas na mão, creme nela.
A estética é facil.
Agora a minha grande pergunta do dia é onde estão os verdadeiros cremes anti-idade.
Num tem nenhum creme que ensina a responsabilidade financeira, ou nos ensina a ser profissionais, ou cremes para melhorar o respeito para com o próximo.Cremes para perdão,cremes de alegria,para paciência, cremes para a clareza no falar.
Ou cremes para curar amor mal-resolvido, ou cremes para te transformar na pessoa ideal, esses podiam ser aqueles tratamento de longo prazo. Ou ter alguns cremes de limpeza, daqueles que a gente passa no fim do dia e tira tudo de ruim que aconteceu e nos renova.
Num existe.
Por isso eu acredito, cuidar da estética é muito mais fácil.

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

retrospectiva atrasada.

Como todo o ano se despede com uma dessas,
acho válido começar um também com ela.
Ainda mais se o começo será só do ano,
mas, de um blog e de alguns sonhos que estão por vir.

Então, sobre 2008:

- o verbo do ano: perder
- o dia do ano: 28 de agosto, seja ele pela volta ou pelo conhecimento.
- o sorriso do ano: com o diploma na mão.
- a conquista do ano: o trabalho desejado
- a forma do ano: triangular
- o lugar do ano: Berlin
- a música do ano: Free Fallin - John Mayer
- a banda de amigos do ano: Muamba
- o prato do ano: Macarrão com atum e japa food aos sábados 6 da tarde.
- o pior ato: entrar no carro de alguém numa quarta-feira pós Barbaridade (tenso.)
- o choro: Sampa - Marília, 4 horas consecutivas.
- as coisas menos desejadas: brigas e intrigas com as pessoas que ela mais passou tempo nos ultimos 2 anos.
- a melhor festa: a despedida no antigo emprego, festa de honra.
- a melhor madrugada: a rebeka ligar do quarto ás 3, para sairmos.
- as maiores risadas: concerteza foram as sentadas na cozinha de casa.
- os melhores programas: sábado na cama, durmindo e domingo no bosque.
- o bebê mais lindo: davi
- o ritmo do ano: bossa nova
- a melhor imagem: o azulejo do banheiro do escritório de Petropólis.
- o melhor presente: um perfume da minha mãe.
- a maior irritação: trocarem meu nome.
- a briga que num queria ter tido: com a dona Sonia, e com a Beka. Porque sempre é com quem a gente mais ama.
- a maior dor: ter que perder tudo.
- a maior alegria: saber que ainda resta coisas que antes num faziam sentido.



Dias dificéis, dor, choro, alegria, amigos, paz, tempestades, brigas, desordem, sonhos. Acho que 2009 vai superar tudo, ele veio para renovar. Eu precisava.


-boas novas estão vindo. mas, o cotidiano vai continuar seguindo.